A menina no espelho

tumblr_lcpzygMoxg1qccljmo1_500_large

O coração cogita ceder

Mas o reflexo implora

Que é isso, menina,

Respira, segura, controla e não chora

A garota sorridente

Que me olha confiante

E passa batom vermelho

Aquela, logo ali,

Do outro lado do espelho

Não reflete a verdade do que sente

Ela finge que é forte

E, com um pouco de sorte, você acredita

Mas por trás do sorriso

Da maquiagem no olhar

Por dentro, o mundo parece ruir

E o coração

Sozinho, decepcionado e cansado de sofrer

Não aguenta a pressão e chora

Enquanto ela vive

Sorrindo por fora

Bruna Paiva

Siga @ADemaisblog  no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog no Instagram

O segundo armário feminino

guarda-roupaNão posso falar pelos meninos, mas tenho certeza de que uma grande parte das meninas vai se identificar. Quando somos pequenas, temos um armário de onde nossas mães tiram todas as combinações que usamos. Roupas, sapatos, cabelo, tudo decidido dentro do pequeno universo do guarda-roupas de uma criança. Entretanto, na adolescência, esse cenário se transforma.

Durante a adolescência, toda menina acaba apelando para o segundo armário feminino da casa. Comigo não foi diferente. Que atire a primeira pedra a menina que nunca correu para o armário da mãe, ou da irmã mais velha, buscando uma roupa diferente. No início, é claro que nem todas as peças servem, mas quando você cresce mais um pouco, aquilo vira o paraíso.

Já imaginou ter dois armários completos para escolher sua roupa antes de sair? Bom, comigo acontece há alguns anos. Dividir o armário com a sua mãe faz com que tudo o que ela compra para ela entre na sua lista de possíveis escolhas e vice-versa. É bom porque você e ela ganham mais opções. Ok, mais você do que ela.

Sempre que minha mãe entra em casa com alguma peça de roupa ou sapato novos, acontece o seguinte:

“Que lindo! Deixa eu ver se cabe em mim”

Hoje os armários já se confundem de tanta peça trocada que eles têm. No último dia das mães aconteceu uma coisa bem engraçada:

No sábado à tarde eu e meu pai corremos para o shopping em busca de um presente. Optamos por comprar maquiagem. Na hora de escolher os batons, experimentei várias cores. Escolhi um vermelho, que eu amo e sei que ela também gosta. Mas, quando escolhi o segundo, meu pai desconfiou:

– Ai, amei esse roxo. Está lindo. Minha mãe não tem batom roxo ainda.

– Bruna, deixa de ser ridícula. Sua mãe não usa batom roxo. O presente é para ela e não para você.

Ah, para. Qual a menina que nunca comprou um presente para a mãe pensando em dividir depois. Bom, eu sempre. Aliás, eu e minha mãe dividimos tudo. Roupa e sapato são os mais frequentes, mas maquiagem, bijouterias, bolsas, cremes, produtos de cabelo e esmaltes, tudo é botado pra jogo.

E você? Já pensou em dividir o armário com a sua mãe ou irmã mais velha? Se você mora com as duas, que sorte, três armários… Contem aqui nos comentários o que é que vocês costumam dividir.

Beijos da Bru!

Siga @ADemaisblog  no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog no Instagram

Aposentem os pedestais

la-bieber-fever-image-361486-article-ajust_650

Há alguns meses, o primeiro bailarino do Royal Ballet, Thiago Soares, esteve ensaiando para sua turnê de 15 anos de carreira em minha escola de dança. Ele é ex-aluno de lá e, como estrearia no Rio, usou algumas de nossas salas para os ensaios. Eu, como tiete que sou, pedi uma foto logo no dia em que ele chegou.

Ao postar, fui surpreendida com perguntas como “Ai, meu Deus, como você conseguiu uma foto com ele?”  ou mesmo “mas você chegou pra ele e pediu?” Lógico! Eu e todos os que conseguiram uma foto com ele. Um simples “oi, Thiago, tudo bem? Posso tirar uma foto com você?” e fui recebida por uma pessoa super simpática.

Na semana seguinte, Marianela Nuñez, primeira bailarina do Royal, que também estava ensaiando para a turnê, conseguiu ser ainda mais simpática. Porque acima de tudo são pessoas. Gente que nem a gente, de carne e osso.

Tudo bem, quem sou eu para reclamar de idolatria? A garota que passou a adolescência vivendo pelos ídolos. Mas, mesmo assim, vou falar porque minha cara de pau é maior do que tudo. Por que colocamos as pessoas que admiramos em pedestais?

Pode até parecer um caso de “ faça o que eu digo, não faça o que eu faço”. Mas há tempos que tento diminuir e, quem sabe, aposentar meus pedestais. Amo e admiro demais os meus ídolos, mas com o tempo percebi que não há mal nenhum em tratá-los como o que realmente são: pessoas.

Acreditem: uma pessoa que é parada na rua por um admirador de seu trabalho vai amar tirar uma foto e agradecer pelo carinho. Claro que o bom senso é essencial nesse momento. Não vá pedir uma foto durante um almoço de família do cara. Aí já passa a ser inconveniência. Ainda assim, a pessoa precisa ter jogo de cintura com seus admiradores. O ídolo que age como se um fã incomodasse nem merece o reconhecimento.

O Luba, do lubatv, sempre pede para que os fãs ajam como se ele fosse da turma, apenas mais um amigo de seus admiradores. Eu imagino que, no caso do Thiago, um bailarino talentoso e bem-sucedido, deve ser incrível voltar à escola de dança em que se formou e perceber que é admirado pelos que hoje lá estudam, um exemplo a ser seguido.

Quem me segue no Instagram, provavelmente, viu as fotos com o Thiago e a Marianela e minha cara de felicidade. Não tenha medo de chegar perto de seu ídolo e pedir uma foto porque o admira. E, se por acaso achar que pode incomodar, lembre-se de que, se estivesse no lugar dele, provavelmente gostaria de saber que seu trabalho é admirado por aí…

Bruna Paiva

Siga @ADemaisblog  no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog no Instagram

Tag complete a frase!

Olá, pessoal!

Faz tempo que o blog Viver e Criar me indicou para essa Tag, mas eu acabei não respondendo por falta de tempo mesmo… Como estive de férias em Julho, resolvi responder a Tag Complete a Frase.

Há algumas regras:

-Completar todas as frases. -Repassar para 10 blogs e avisá-los. -Marcar na postagem quem te marcou. -Comentar com o link de suas respostas

Bom, vou parar de enrolar, vamos às respostas!

Acho que o nome é bem explicativo. A TAG consiste em completar as frases bases para que vocês saibam um pouquinho mais sobre mim. Procurei responder com coisas que eu ainda não tenha contado aqui no blog. Sim, minhas respostas ficaram grandes. Não consigo escrever pouco ahaha. Espero que gostem.

 

Sou muito impulsiva. Acho que às vezes devia pensar mais antes de fazer algumas coisas…

Não suporto refrigerante. Pode parar de me achar esquisita. Não gosto, gente. Aliás, não sei como vocês conseguem tomar aquele negócio.

Eu nunca saí do país. E, sim, essa é uma vontade muito antiga. Um dos meus maiores sonhos é fazer um intercâmbio.

Eu já briguei com quem falava mal dos meus ídolos. Só para lembrar, eu fui fã de Restart, Fiuk e Jonas Brothers. Ou seja, briguei com meio mundo.

Quando criança eu tinha MUITOS amigos imaginários. Teve um tempo em que eu andei com a turma do Peter Pan. E eles realmente iam comigo para tudo que é canto.

Nesse exato momento, eu acabei de acordar e vim bater o post. Estou morrendo de fome.

Eu morro de medo da morte. Ainda não aprendi a lidar com ela. A ideia me assusta bastante.

Eu sempre gostei de ler. Juro que tentei botar algo mais criativo, mas literatura está presente na minha vida desde sempre, então…

Se eu pudesse, eu estudaria em Hogwarts. Não que eu não goste na minha vida real. Só acho um absurdo não terem mandado minha carta ainda. Hey, Ministério, 17 anos já. Tá na hora, né?

Fico feliz quando leio os comentários de vocês aqui e no Wattpad. Vocês são fofos demais.

Se pudesse voltar no tempo, eu não voltaria. Apesar de lamentar muitos episódios do passado, todos eles contribuíram para meu amadurecimento e me fizeram quem sou. Então, eu não voltaria no tempo para mudar nada.

Adoro dançar. Não importa o quanto estou cansada, ou quantas horas eu já passei ensaiando. Dança é sempre terapia.

Quero muito viajar para o Canadá, Disney, Viena, o mundo inteiro se possível. Acho que já fiz um post com os destinos de meus sonhos. Eu preciso passar no vestibular este ano. Torçam por mim.

Não gosto de ver injustiças. E por ser muito impulsiva acabo querendo me meter na vida alheia…

 

Bom, é isso, gente. Espero que vocês tenham gostado de saber um pouquinho mais sobre mim. Eu deveria indicar 10 blogs. Mas eu tenho visto muuuuita gente respondendo a essa tag. Então todos os que ainda não responderam e quiserem, sintam-se indicados.

Beijos da Bru!

 

Não Faz Sentido no teatro – eu preciso ir!

Quem não lembra daquele cara chato que amava falar mal de todo mundo, usava palavras pouco educadas e estava sempre com um par de óculos escuros? Isso mesmo, Felipe Neto. Se você esteve presente na internet nos últimos 5 anos você se lembra. Eu contei aqui como foi que acabei virando fã desse cara, que falava mal dos meus ídolos. E juro que estava morrendo de saudades dos óculos escuros mais malvados do Youtube.

Há algumas semanas, o Felipe Neto deu uma notícia que deixou todos os fãs malucos. O Não Faz Sentido vai voltar!! Notícia ótima, não é? Mas respira que ainda tem mais. Os óculos escuros vão ganhar uma turnê pelos teatros do Brasil. Já pensou? Aquele cara que fazia a gente morrer de rir e se questionar sobre o que ele estava falando do mesmo jeitinho, só que agora bem mais perto e ao vivo!

O Felipe já tinha anunciado um projeto secreto há alguns meses, mas só contou o que era no mês passado. Eu amei a novidade e mal posso esperar pela peça Minha Vida Não Faz Sentido. Para o Rio de Janeiro, ainda não tem uma data, o que só me deixa mais ansiosa. Mas várias das cidades já anunciadas estão com os ingressos à venda, e  muitas precisando abrir sessões extras pela grande procura. Os ingressos estão esgotando!

A intenção de Felipe Neto é rodar realmente o país inteiro. Em vídeo, ele afirmou que passará por todas as capitais do país e por muitas cidades no interior. No site oficial da peça, você pode conferir quais são os locais que já foram confirmados e pedir que ele vá até sua cidade. Pessoal do Rio, peçam muito porque eu já não aguento mais esperar!

Deixei lá em cima o vídeo do anúncio de lançamento do projeto da peça. Abaixo, decidi eleger para vocês meus 5 vídeos preferidos da versão mais malvada do Felipe. Divirtam-se:

CREPÚSCULO => Esse vídeo é o mais famoso e um dos mais engraçados. Sempre falo dele… Gosto muito porque, apesar de ser fã da saga, concordo com muitas das críticas do Felipe. Tem umas coisas que realmente não fazem sentido nenhum!

PROPAGANDA => Aqui ele fala sobre aquelas propagandas surreais que a gente vê por aí. É MUITO engraçado. E com certeza um dos meus favoritos.

CARNAVAL => Como já até escrevi aqui no blog, eu não sou muito fã de carnaval. O Felipe também não. Nesse vídeo ele fala tudo o que ele não gosta nessa festa que, pra mim, também não tem nada de bom. É engraçado demais e garanto que vai convencer…

POLÍTICA => Um vídeo postado na época das eleições presidenciais de 2010 que deu o que falar até em reunião da atual Presidente do país. Com argumentos sólidos que fazem todos questionarem ainda mais a política brasileira, Felipe mostra sua revolta. Como sempre, é para pensar e morrer de rir…

– O MAIOR BRASILEIRO => O vídeo é sobre o concurso O Maior Brasileiro De Todos Os Tempos. Felipe critica os resultados do programa e questiona o comportamento intelectual das pessoas no país. A revolta dele faz qualquer um gargalhar além de, é claro, refletir.

 

Bruna Paiva

Siga @ADemaisblog  no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog no Instagram

Um adeus que eu não quero dar

formandos-3

Odeio dilemas. Não saber o que fazer, o que falar, o que sentir. Entretanto, estou num ano em que um dilema é parte integrante da minha vida. Seis meses. Em seis meses tudo muda. Em seis meses darei adeus a um lugar de que muita gente reclama de ter que frequentar. Você já reclamou, e eu? Prefiro nem comentar… Estou falando da escola.

Aliás, no início deste ano, reclamação era meu nome do meio. Chega uma hora em que escola satura. Ainda mais quando você já sabe o que quer fazer da sua vida. Juro que, em março, a cada aula de química, física e matemática eu tinha vontade de me jogar do prédio.

Mas a ficha caiu. Para falar a verdade, ela despencou. Olhei de um lado para o outro daquele lugar em que passei toda a minha adolescência e percebi que daqui a seis meses vai ser a hora de dar adeus. Pela primeira vez na vida não vi isso com bons olhos. Qual é, quem nunca quis se livrar da escola de uma vez por todas? Eu sempre!

Mas de repente o desejo era o contrário. Apesar de eu ainda querer me jogar pela janela quando os números aparecem no quadro negro, queria que os próximos seis meses, passassem menos rápido do que os seis que já foram. Venho tentando preparar meu psicológico para o último dia de aula. Mas a cada vez que penso que vai acabar, as lembranças vêm e trazem as lágrimas. Sim, sofro por antecipação.

Pode parecer besteira para quem não vê a hora de sair de lá. Mas quem já passou por isso provavelmente me entende. Nunca mais vou ver todas aquelas pessoas reunidas novamente. Vou acordar de manhã e não precisarei do uniforme azul. Não vai mais ter o Seu Zé me dando bom dia, enquanto eu entro com cara de sono pelo portão. O pátio, onde várias das lembranças de minha adolescência vivem, será apenas mais uma recordação.

A fila sufocante da cantina, provavelmente vai ser substituída por vários outros sufocos. Os amigos vão ser vistos com menos frequência e não vai mais ter miniolimpíada. Aquele medo de ir para o SOE se fizesse besteira e as bagunças no intervalo entre as aulas. Nem vou mais ter que reclamar de tantos números e fórmulas.  Ah vai, no fundo era legal quando eu conseguia entender matemática.

A escola é um dos poucos lugares que você frequenta por um tempo e nunca mais pode voltar; não na mesma situação, não no mesmo clima. Sempre debochei das pessoas que diziam “não reclame dela, um dia você vai sentir saudades”, hoje me vejo bem do outro lado da situação. Estou com saudades pelo que nem aconteceu ainda. Esperado que os dois últimos trimestres passem bem devagarzinho para que eu possa me despedir.

É maravilhoso encerrar uma etapa da minha vida. Ao mesmo tempo, vai ser incrivelmente difícil dar um passo a frente e jogar o capelo para o alto sem deixar que as lágrimas de saudade estejam presentes.

Bruna Paiva

 

Siga @ADemaisblog  no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog no Instagram

Favoritos do mês – os posts mais legais de Julho

Olá, pessoal!

Faz tempo que eu não indico posts para vocês, não é? Quero voltar a fazer isso, mas agora todo mês. Isso mesmo. A partir de agora, ao fim de todo mês eu vou contar para vocês quais foram os meus posts preferidos e em quais blogs.

No mês de julho, eu estive de férias, então, deu para ler e assistir a mais coisas. Separei para vocês os 10 posts e vlogs mais legais que eu encontrei por aí. Espero que gostem!

 

Buzzfeed Brasil avalia masterchef

2masterchefbastidoresdanibargterra

Masterchef Brasil: o reality show que tem deixado todo mundo morrendo de fome às terças-feiras. Se você ainda não conhece, não sabe o que está perdendo. O programa conta com três jurados: os chefs de cozinha Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin. Quem assiste sabe como os três são exigentes e, por vezes, cruéis com os concorrentes. Sabendo disso, o blog Buzzfeed Brasil resolveu ir e avaliar os restaurantes de cada um dos chefs. O resultado é incrivelmente divertido. Confiram clicando aqui!

Vídeo de 5 anos de 5incominutos

11809675_154165541581099_777746127_n

O canal 5incominutos da linda Kéfera Buchmann está fazendo 5 anos! Coincidentemente, há algumas semanas, ela comemorou por ter atingido 5 milhões de inscritos no canal. O editor da Kéfera, resolveu fazer uma surpresa para a vlogueira para comemorar todos os 5 do 5incominutos. Ele preparou uma homenagem no maior estilo Arquivo Confidencial e eu juro que chorei junto com a homenageada. Se você, como eu, acompanhou a jornada da Kéfera no Youtube, com certeza vai se emocionar. Se não, também vai ser contagiado pela emoção que o vídeo passa. Assistam aqui!

 

Livros favoritos dos autores – Isabella Freitas

04-Livros-Favoritos-Isabela-Freitas-James-Patterson

O post é da Mariana Mortani, do Magia Literária, que agora também é colunista no blog Isabella Freitas. Ela contou quais são os livros preferidos de alguns autores famosos. Achei incrível, por exemplo, descobrir o favorito de John Green, que é autor do meu favorito. J.K. Rowling, Gillian Flynn, Thalita Rebouças, Jane Austen, Mathew Quick e muitos outros também estão na lista. Confiram clicando aqui!

Nossas Diferenças e Os cinco– Precisava Escrever

Minha foto com ele porque sim!

Minha foto com ele porque sim!

Não é segredo por aqui que eu amo os textos do Rafael Magalhães. Minha paixão pelo Precisava Escrever já contagiou várias amigas também. Tinha escolhido um texto qu ele postou no início do mês: Os Cinco. Mas, enquanto eu escrevia esse post, ele postou outro que me conquistou. Cortou meu coração ter que escolher entre eles. Então, eu não escolhi. Coloquei os dois aqui na seleção.

Em Os Cinco, o Rafa define as cinco opções de status de relacionamento. Com humor e leveza, ele faz a gente se questionar em que grupo está e se realmente queria estar nele… Leiam clicando aqui!

Já em Nossas diferenças, ele narra a história de um casal que tem “ tudo para dar errado”. Eles são completamente diferentes, mas se amam loucamente. O texto é lindo. Cliquem aqui para ler!

Iris Figueiredo entrevista John Green

iris-john-green-entrevista

A Iris do Literalmente Falando teve a incrível oportunidade de entrevistar o John Green. O autor de diversos sucessos literários esteve no Brasil para a estreia de Cidades de Papel. E a Iris conversou com ele em nome da Editora Intrinseca. A entrevista ficou super divertida e eu amei. Um dos momentos mais legais foi quando ela perguntou em que casa de Hogwarts John colocaria seus personagens.  Assistam clicando aqui!

Tag Divertida mente – Pam Gonçalves

hqdefault (1)

A Pam postou uma tag que eu curti demais! A tag consiste em escolher livros que remetam aos sentimentos explorados no filme Divertida mente. É um filme que eu ainda não assisti, mas tenho muita vontade pela quantidade de críticas boas que já ouvi. E a tag só me fez querer assistir mais ainda. Sempre super divertida a Pam fala de vários livros bem legais. Assista aqui.

Cobertura do festival de Joinville – Canal Cinco6Sete8

photo

Há pouco tempo descobri esse canal e amei. As meninas falam sobre ballet e dão dicas super legais. Agora, elas estão no festival de Joinville, o maior festival de dança do país, mostrando todos os detalhes para quem não pôde estar lá. A cobertura está muito legal. Confira aqui!

Segredos do Youtube – Fatos desconhecidos

1546419_625144104205956_1614387651_n

Você sabia que o Youtube disponibiliza vários clássicos do cinema em uma locadora virtual gratuita? Ou como baixar seus vídeos favoritos sem usar nenhum programa? Ou ainda como assistir aos vídeos de lá em câmera lenta? O blog Fatos Desconhecidos contou várias coisas que eu não fazia nem ideia sobre o Youtube. O post é super interessante e eu estou louca para usar o que aprendi. Leia aqui!

 

 A pessoa certa na hora errada? – Aham e daí

luisguilherme

O blog Aham, e daí é do Luís Guilherme Souto. Eu adoro os textos dele e o que eu mais gostei no mês de Julho foi o “ A pessoa certa na hora errada?” em que ele diz que não tem essa de uma pessoa certa aparecer na hora errada. Se é a pessoa certa, qualquer hora é certa. Eu concordei em gênero, número e grau com ele. Adorei o post e você pode conferir clicando aqui!

 

Siga @ADemaisblog  no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog no Instagram

Em um dia tudo pode mudar

SAM_0321Já pensou em quanta coisa pode acontecer em 24 horas? Parece pouco, mas é tempo suficiente para mudar sua vida para sempre. E é exatamente isso que acontece com Allyson Healey no livro Apenas Um Dia.

Durante uma viagem de formatura com sua melhor amiga, Allyson conhece Willem. O ator, que chama a atenção da menina, é incrivelmente diferente de tudo o que ela já havia feito durante a viagem, que não estava tão boa quanto o planejado. Quando ele a convida para passar um dia em Paris em sua companhia, a menina fica desconcertada. Mas acaba aceitando e implora pela cobertura de sua amiga na mentira.

Allyson e Willem passam 24 horas em Paris. E esse único dia transforma a vida da menina para sempre.

A narrativa é inteira no presente, e a autora, Gayle Forman, consegue colocar o leitor dentro da história. Durante a leitura, pude jurar que estive em Paris. Para quem sonha com a cidade, é uma ótima maneira de chegar lá, e ainda acompanhar uma história de amor. A personagem principal tem uma vontade de mudança que contagia. A relação conturbada com os pais só alimenta a vontade do leitor de pegá-la pela mão e ajudar em seus objetivos.

Gayle Forman também é autora do best-seller Se Eu Ficar, que virou filme em 2014. Apenas  Um Dia me conquistou porque me identifiquei com Allyson Healey, e, principalmente, porque não sei se teria a mesma coragem da personagem. O livro traz romance, mistério, angústia, humor, fala sobre laços que se desmancham, amizades que mudam com o tempo, amizades que não se imaginam e tudo isso de forma harmônica.

É uma história empolgante que me fez ansiar por ler a continuação, Apenas Um Ano, publicado em 2015 pela editora Novo Conceito. O primeiro livro me levou para uma viagem e me apresentou personagens incríveis. Espero que a continuação seja tão ou mais eletrizante.

Bruna Paiva

Siga @ADemaisblog  no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog no Instagram

Um programa para Meninos e Meninas

meninosemeninas2Quem me conhece sabe que eu sou apaixonada por teatro. Sou louca por uma boa peça e amo a magia que aquele lugar tem. É muito comum escutar que o jovem não gosta dessa arte, mas tenho visto esse cenário mudar há alguns anos.

WP_20150124_010

Com o Eduardo Mello, de I Love Paraisópolis, em janeiro

Peças voltadas para o público adolescente têm crescido e, cada vez mais, levam os jovens ao teatro. Sempre que eu descubro alguma nova, corro para assistir. Contei aqui no blog sobre Confissões de Adolescentes e, claro, minha queridinha, Tudo Por Um Popstar.

Com o fofo do Gabriel Portela

Hoje vim falar sobre uma peça que eu já devia ter contado para vocês há tempos. O espetáculo, em cartaz há mais de um ano, é imperdível e já foi visto por muita gente. Estou falando de #MeninoseMeninas. Ainda não assistiu? Meu Deus, corre para o teatro A-GO-RA.

A peça é uma espécie de confissões de adolescentes mesclando os dois sexos. Fala sobre tudo: amor, insegurança, bullying, fanatismo, e muitos outros temas presentes na vida de qualquer um nessa fase. Histórias contadas com muito humor, música boa e dança. É uma hora de diversão e não tem como não se identificar com pelo menos um personagem.

Com a Maddu Magalhães!

#MeninoseMeninas passou mais de um ano em cartaz no Shopping da Gávea. Eu assisti em janeiro e amei o musical. Em julho de 2015 eles estrearam no Teatro Miguel Falabella. Quando soube que a peça estava em cartaz tão perto da minha casa, resolvi assistir de novo e arrastar uma amiga. Resultado? Adorei, mais uma vez.

Com o Bruno Ahmed, que fez Rebelde

A cada temporada o elenco sofre mudanças. Um dos motivos para eu ter ido assistir de novo foi saber que a Maddu Magalhães (Youtuber, conheça o canal dela) entrou para a equipe! Eu adoro a Maddu e não podia perder a oportunidade de vê-la de perto. Além dela, a peça conta com um elenco super talentoso com atores como Gabriel Portela, Bruno Ahmed, Eduardo Mello, Larissa Bougleoux, Eike Duarte, Vitória Vianna, Bruna Griphao, Matheus Costa  e muitos outros. Pois é, o elenco é enorme…

Eles ficam em cartaz no Miguel Falabella, no Norte Shopping, até o fim das férias de julho, de quinta a domingo. Se você está em casa sem saber como aproveitar o descanso escolar, apareça por lá. Acredite: não vai se arrepender.

Beijos da Bru

 

Siga @ADemaisblog  no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog no Instagram

Feliz por estar morta

hqdefaultEla cortava o cabelo, mas saía do salão pesquisando técnicas para fazê-lo crescer mais rápido. Queria ser estilosa e inovar no visual, mas as combinações de roupas eram sempre as mesmas. Reclamava de falta de sorte no amor, mas insistia no mesmo cara há quase dois anos.

Ela estava de saco cheio das pessoas ao seu redor, mas não tentava frequentar lugares diferentes. Nunca ousava trocar palavras com quem não conhecia. Queria ser amiga do ex-namorado, deixar toda a mágoa para trás. Mas fingia que não via toda vez que ele passava. Dizia que precisava de mudanças, mas fazia tudo sempre igual.

Ela era chata, reclamona, cansativa. Ela foi assassinada à sangue frio. A assassina não se arrepende, não teve dó de matar o passado sem graça. Depois da morte brutal, a assassina abriu o armário e combinou a calça rosa com o casaco brilhoso. Olhou-se no espelho e arriscou um penteado diferente.

Então pegou o celular e discou o número do ex-namorado de sua vítima. Mandou a real:  “Saudades de você… Posso te ver?”. Ele não esperava tal atitude, mas compartilhava do mesmo desejo. A assassina saiu de casa e se matriculou num curso de dança.

Foi para uma balada em que não conhecia ninguém e dançou com pessoas desconhecidas. Ligou para o melhor amigo e pediu para ele apresentar aquele amigo dele que ela sempre achou um gato. Descobriu uma banda nova. E, quem diria, ela ouvindo sertanejo?

A assassina fez o que quis com o corpo que roubou. Não se arrepende de nada. A morta olhou de fora, se arrependendo de não ter tido a coragem da outra. Agradeceu pelo assassinato, ficou feliz por estar morta.

Bruna Paiva

Siga @ADemaisblog  no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog no Instagram