Fim do especial de carnaval: obrigada a quem acompanhou!

Acabou o especial de Carnaval e eu estou muito feliz por ter conseguido botar esse projeto em prática. Amei passar meu carnaval interagindo com vocês e também acompanhando a história de Aline e Diego.

Obrigada a todo mundo que acompanhou, vibrou com a história, indicou para os amigos, deixou seus comentários e estrelinhas lá no Wattpad para mim. Obrigada também a quem me ajudou por trás da história. Meu pai JM Costa, que revisou e editou o conto e me ajudou na divulgação; meu irmão Tiago Paiva, que fez a capa do conto e as cartelas para a divulgação; meu amigo Matheus Rodrigues, que foi meu beta reader e o primeiro a torcer pelo final feliz de Aline e Diego; e, claro, à minha família e amigos pelo apoio de sempre!

Foi só o primeiro projeto concluído do ano. 2018 promete muitas outras novidades e eu já estou trabalhando para isso! Ah, e se você não acompanhou o conto durante o carnaval porque estava curtindo os bloquinhos, calma que ainda dá tempo!  “Enquanto o carnaval durar” ainda vai continuar um bom tempo lá no Wattpad.

Indiquem para os amigos! Espero vocês por lá no Wattpad e por aqui no blog!

Beijos

Bruna Paiva

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de me seguir nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

Anúncios

“Enquanto o carnaval durar”: ÚLTIMO CAPÍTULO NO AR!

É chegado o fim do nosso especial de carnaval! O último capítulo de “Enquanto o carnaval durar” já está no ar, lá no Wattpad. Corre lá para conferir o desfecho da história de Aline e Diego! No capítulo de ontem, Aline e Yara foram à festa oferecida pelos meninos. As coisas ficaram quentes entre Aline e Diego. Quer saber o que rolou? Como Aline vai lidar com tudo? Então corre lá no Wattpad, tá esperando o quê?!

Não sabe do que eu estou falando?

Começou no sábado de carnaval o conto “Enquanto o carnaval durar”. Uma história especial de Carnaval contada em 5 capítulos, até hoje, a quarta-feira de cinzas. Mas CALMA(!) ainda dá tempo de correr atrás do prejuízo e ler tudinho lá no Wattpad.

“Enquanto o carnaval durar” é narrado por Aline, uma estudante de moda que, depois de muito se decepcionar com as experiências amorosas da vida, está vivendo uma fase de desapego. Ela não tem um histórico amoroso divertido e prefere não se envolver com ninguém para evitar novas desilusões. Aline decide curtir o carnaval junto com Yara, sua melhor amiga. As duas vestem suas fantasias e, com muito glitter, aproveitam a festa pelas ruas do Rio de Janeiro. O que Aline não imagina é que talvez o amor de que ela tanto se esquiva peça uma chance justamente no carnaval. Ela fica num dilema entre o medo de acabar se decepcionando e sofrendo mais uma vez e a vontade de se entregar e ficar com Diego.

Não esqueçam de recomendar aos amigos e deixar seus comentários por lá!

Beijos

Bruna Paiva

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de me seguir nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

“Enquanto o carnaval durar”: QUARTO CAPÍTULO NO AR!

O penúltimo capítulo de “Enquanto o carnaval durar” acabou de entrar no Wattpad. No capítulo de ontem, Aline, Yara, Diego, Bruno e Cauã curtiram o bloco em Ipanema até as coisas ficarem tensas. Teve pegação, curtição, mas também teve assédio e insegurança. O capítulo terminou com Diego e Bruno levando as meninas em casa. Hoje tem festa. O que vai acontecer lá, você só vai saber se correr agora para ler o novo capítulo!

E você? Não começou a ler ainda? Corre lá que ainda dá tempo de conferir e não perder nenhum capítulo. Adicionem às suas listas de leituras no Wattpad!

Não sabe do que eu estou falando?

Começou no sábado de carnaval o conto “Enquanto o carnaval durar”. Uma história especial de Carnaval que vai ser contada em 5 capítulos, até a quarta-feira de cinzas (AMANHÃ!).

“Enquanto o carnaval durar” é narrado por Aline, uma estudante de moda que, depois de muito se decepcionar com as experiências amorosas da vida, está vivendo uma fase de desapego. Ela não tem um histórico amoroso divertido e prefere não se envolver com ninguém para evitar novas desilusões. Aline decide curtir o carnaval junto com Yara, sua melhor amiga. As duas vestem suas fantasias e, com muito glitter, aproveitam a festa pelas ruas do Rio de Janeiro. O que Aline não imagina é que talvez o amor de que ela tanto se esquiva peça uma chance justamente no carnaval. Ela fica num dilema entre o medo de acabar se decepcionando e sofrendo mais uma vez e a vontade de se entregar e ficar com Diego.

Não esqueçam de indicar o conto para os amigos e deixar seus comentários por lá! Espero vocês no Wattpad!

Beijos

Bruna Paiva

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de me seguir nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

“Enquanto o carnaval durar”: TERCEIRO CAPÍTULO NO AR!

O terceiro capítulo de “Enquanto o carnaval durar” já está postado no Wattpad. No capítulo de ontem, Aline e Yara foram para um bloco na Gávea e acabaram esbarrando mais uma vez em Diego e seus amigos. Almoçaram juntos e acabaram resolvendo ir juntos até outro bloco em Ipanema. Aline está meio contrariada e evitando Diego a todo custo. O que o novo capítulo trará para a estudante de moda?

E você? Não começou a ler ainda? Corre lá para conferir e já adiciona à sua lista de leituras no Wattpad para não perder nenhum capítulo.

Não sabe do que eu estou falando?

Começou no sábado de carnaval o conto “Enquanto o carnaval durar”. Uma história especial de Carnaval que vai ser contada em 5 capítulos, até a quarta-feira de cinzas.

“Enquanto o carnaval durar” é narrado por Aline, uma estudante de moda que, depois de muito se decepcionar com as experiências amorosas da vida, está vivendo uma fase de desapego. Ela não tem um histórico amoroso divertido e prefere não se envolver com ninguém para evitar novas desilusões. Aline decide curtir o carnaval junto com Yara, sua melhor amiga. As duas vestem suas fantasias e, com muito glitter, aproveitam a festa pelas ruas do Rio de Janeiro. O que Aline não imagina é que talvez o amor de que ela tanto se esquiva peça uma chance justamente no carnaval. Ela fica num dilema entre o medo de acabar se decepcionando e sofrendo mais uma vez e a vontade de se entregar e ficar com Diego.

Não deixe de acompanhar, indicar para os amigos e deixar seus comentários por lá! Espero vocês no Wattpad!

Beijos

Bruna Paiva

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de me seguir nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

“Enquanto o carnaval durar”: SEGUNDO CAPÍTULO NO AR!

Já entrou lá no Wattpad o segundo capítulo do conto “Enquanto o carnaval durar”. No capítulo de ontem, Aline e Yara curtiram um bloco em Ipanema. No fim da festa, Aline conheceu Diego e até curtiu ficar com ele, ainda assim, arrumou um jeito de dispensar o Magic Mike. Hoje tem mais bloco de rua e mais festa para Aline e Yara. O que será que vai acontecer?

E você? Não começou a ler ainda? Corre lá para conferir e já adiciona à sua lista de leituras no Wattpad para não perder nenhum capítulo.

Não sabe do que eu estou falando?

Começou ontem, no sábado de carnaval, o conto “Enquanto o carnaval durar”. Uma história especial de Carnaval que vai ser contada em 5 capítulos, até a quarta-feira de cinzas.

“Enquanto o carnaval durar” é narrado por Aline, uma estudante de moda que, depois de muito se decepcionar com as experiências amorosas da vida, está vivendo uma fase de desapego. Ela não tem um histórico amoroso divertido e prefere não se envolver com ninguém para evitar novas desilusões. Aline decide curtir o carnaval junto com Yara, sua melhor amiga. As duas vestem suas fantasias e, com muito glitter, aproveitam a festa pelas ruas do Rio de Janeiro. O que Aline não imagina é que talvez o amor de que ela tanto se esquiva peça uma chance justamente no carnaval. Ela fica num dilema entre o medo de acabar se decepcionando e sofrendo mais uma vez e a vontade de se entregar e ficar com Diego.

Não deixe de acompanhar, indicar para os amigos e deixar seus comentários por lá! Espero vocês no Wattpad!

Beijos

Bruna Paiva

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de me seguir nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

“Enquanto o carnaval durar”: PRIMEIRO CAPÍTULO NO AR!

 

Acabou de entrar no ar, lá no Wattpad, o primeiro capítulo do conto “Enquanto o carnaval durar”. Aline e Yara já começaram a curtir o carnaval pelas ruas do Rio de Janeiro. E você? Vai ficar de fora? Corre lá para conferir e já adiciona à sua lista de leituras no Wattpad para não perder nenhum capítulo.

Não sabe do que eu estou falando?

Começou hoje o conto “Enquanto o carnaval durar”. Uma história especial de Carnaval que vai ser contada em 5 capítulos, até a quarta-feira de cinzas.

“Enquanto o carnaval durar” é narrado por Aline, uma estudante de moda que, depois de muito se decepcionar com as experiências amorosas da vida, está vivendo uma fase de desapego. Ela não tem um histórico amoroso divertido e prefere não se envolver com ninguém para evitar novas desilusões. Aline decide curtir o carnaval junto com Yara, sua melhor amiga. As duas vestem suas fantasias e, com muito glitter, aproveitam a festa pelas ruas do Rio de Janeiro. O que Aline não imagina é que talvez o amor de que ela tanto se esquiva peça uma chance justamente no carnaval. Ela fica num dilema entre o medo de acabar se decepcionando e sofrendo mais uma vez e a vontade de se entregar e ficar com Diego.

Não deixe de acompanhar, indicar para os amigos e deixar seus comentários por lá! Espero vocês no Wattpad!

Beijos

Bruna Paiva

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de me seguir nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

Me rendi à Elena Ferrante!

Depois de muito ouvir falar e esbarrar com seus livros em qualquer livraria que eu entrasse, finalmente tive contato com uma história da italiana Elena Ferrante. A escritora, que na verdade usa um pseudônimo e tem sua identidade desconhecida, vem sendo comentada há algum tempo por todo lado.

Ouvi seu nome em podcasts, no youtube, na faculdade… Gente falando muito bem, gente falando muito mal… O fato é que, desde o ano passado, é impossível entrar numa livraria sem avistar algum exemplar da italiana em destaque. Optei por um livro solo e pequeno em vez de me jogar de primeira na série napolitana, que tem mais de 4 livros, todos enormes. Meu escolhido foi “A filha perdida”.

Não sabia bem o que esperar quando comecei o livro, confesso. Apenas permiti ser levada pela narração de Leda, a protagonista. O que encontrei foi um livro denso e, de certa forma, pesado. “A filha perdida” é um livro lento, o que não o torna chato. Pelo contrário, a história é interessante e a forma íntima como é contada apenas aumenta a imersão de quem lê.

Leda é uma mulher de meia idade. Depois que suas duas filhas, já adultas, se mudam para o Canadá, para estudar e passam a morar com o pai, a mãe tira férias e viaja para uma casa na praia. Na cidade em que visita, começa a observar uma grande família napolitana. E é aí que começa o interessante da narrativa. O livro não tem muita ação. É um grande fluxo de consciência, na verdade. Mas é a partir da observação alheia que Leda começa a observar a si mesma e suas memórias.

A maternidade é uma questão central durante toda a história. Leda rememora sua trajetória conturbada na criação das duas filhas ao prestar atenção em Nina e sua pequena filha Elena. A autora aborda questões da maternidade sem a fantasia utópica de mundo maravilhoso construída socialmente. “Uma mãe não é nada além de uma filha que brinca.” ela diz em determinado momento do livro. Ela traz à tona dilemas como a divisão da vida de uma mulher entre sonhos, realizações pessoais e a criação das filhas. O julgamento das pessoas em determinadas situações, a família que insiste em se meter e dizer “o que é melhor” para a criança.

Ela fala de tudo isso de modo sensível e ao mesmo tempo muito denso e complexo. Uma literatura intimista que revela uma personagem bastante humana e que se aproxima de quem está lendo pela sinceridade. Ela não tenta mascarar seus erros e suas escolhas. Apenas conta, sem esperar, mas também sem se importar com possíveis julgamentos.

É um livro que coloca a gente para pensar. E um livro que me deixou ainda mais curiosa para conhecer outros trabalhos da mesma autora.

Bruna Paiva

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de me seguir nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

Realidade destacada

No acostamento da via expressa, esdrúxulo e insignificante, um braço repousa estendido. Mal percebido por quem passa em alta velocidade, um universo dentro de outro.

Os dedos tocando o chão pareceriam descansar despretensiosos, não fosse o osso quebrando a barreira da pele no topo do antebraço. Esquecido o contexto absurdo, era uma mão bonita. Mãos de baixista? Quem sabe?

Ao redor, nada que justifique aquela imagem. Só um braço, esquecido no acostamento. Apenas um pedaço destacado de alguma realidade que não nos pertence e para a qual não temos tempo.

Então seguimos em frente. Mais preocupados com a lentidão do motorista do ônibus prestes a nos atrasar para o que quer que tenhamos que fazer.

Bruna Paiva

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de me seguir nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

Um conto de carnaval em 5 capítulos no Wattpad

Oi, genteee!

O post de hoje não é resenha, crônica nem nada do tipo, mas é pra falar de uma coisa MUITO legal! Vim contar para vocês a primeira novidade do ano!!!

A partir do dia 10 de fevereiro, vou postar um conto especial de carnaval lá no Wattpad. Vai ser uma história contada em 5 capítulos, um em cada dia do carnaval, terminando na quarta-feira de cinzas!

“Enquanto o carnaval durar” é narrado por Aline, uma estudante de moda que, depois de muito se decepcionar com as experiências amorosas da vida, está vivendo uma fase de desapego. Ela não tem um histórico amoroso divertido e prefere não se envolver com ninguém para evitar novas desilusões.

Aline decide curtir o carnaval junto com Yara, sua melhor amiga. As duas vestem suas fantasias e, com muito glitter, aproveitam a festa pelas ruas do Rio de Janeiro. O que Aline não imagina é que, talvez, o amor de que ela tanto se esquiva peça uma chance justamente no carnaval. Ela fica num dilema entre o medo de acabar se decepcionando e sofrendo mais uma vez e a vontade de se entregar e ficar com Diego.

Não deixem de conferir! E, quem ainda não me segue ou não conhece o Wattpad, corre lá para já dar uma olhada nas outras coisas que eu tenho publicadas e conhecer a plataforma! É só clicar aqui!

Espero vocês no dia 10 para acompanhar a história de Aline, Yara e Diego.

Beijos e até lá!

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de me seguir nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

Mudo convite

Tristeza constante que esconde a própria nascente.

Não se satisfaz com o pinga-pinga de felicidade.

Tem que ser mar, tsunami de alegria.

Essa tristeza que me suga

derruba

derrota.

Que me convence de estar constantemente errada.

Exagero

drama

vitimização.

 

Extingue qualquer traço de confiança e insiste em provar que nada vai dar certo.

 

Não se contenta em viver cada coisa no seu ritmo.

Quer tudo agora,

com pressa

para não se afogar.

E se afoga na afobação.

 

Me enche de expectativas pelo mero prazer de deleitar minha decepção.

 

Dor profunda que vem de lugar nenhum

e de todos os lugares ao mesmo tempo.

Que angustia,

atormenta,

aterroriza

e faz flutuar na cabeça

como peixe em oceano

a ideia de acabar com o sofrimento.

 

Bruna Paiva

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de me seguir nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram