Brincadeira do destino

tumblr_lh0wj3cBli1qcis5ro1_400Era mais um dia comum. Verônica só precisava comprar uma camisa para um amigo. Era aniversário dele e ela tinha se esquecido do presente.

Já passavam das três da tarde quando ela correu para o shopping mais próximo. Passeou por aqueles corredores que viviam cheios de gente e parou por cinco minutos no Starbucks para tomar um café gelado com bastante chantilly. Continuou procurando uma loja que a agradasse.

Achou uma, bastante conhecida, bem grande e de boa qualidade. Resolveu entrar e procurar alguma camisa que servisse para seu amigo. Enquanto passava os olhos pelos modelos, uma voz grossa, porém suave, disse:

— Posso ajudar?

Verônica se virou. O dono da voz era um vendedor. Ele devia, assim como Verônica, ter seus vinte e pouquinhos anos. Seus olhos azuis eram completamente hipnotizantes. Ele era alto, loiro, lindo.

—Quanto… Quanto custa essa daqui? —perguntou gaguejando e escolhendo uma camisa da qual tinha gostado.

— Deixa eu da uma olhada pra você. —Ele pegou a blusa esbarrando nas mãos dela que, para a surpresa de Verônica, já estavam suadas. E, meu Deus, tinha uma escola de samba inteira dentro de seu peito.

—Ela tá R$ 32,90 — respondeu o vendedor olhando bem nos olhos de Verônica.

Ele devia estar achando que ela era maluca. Olhando-o daquele jeito sem dizer uma mísera palavra.

—É… Eu vou levar.

—Ok. —disse já direcionando a menina ao caixa. —É para o namorado? — perguntou enquanto dobrava a camisa, tentando puxar assunto.

—Não. Eu não tenho. É aniversário de um amigo mesmo.

—Ah, sim.

Ela pegou o presente e saiu da loja se despedindo daquele vendedor que, sabe-se lá por que, fez seu coração sambar e suas mãos suarem. Pegou o carro e dirigiu, ainda meio atordoada, de volta para casa.

Chegou e começou a se arrumar. Já eram cinco horas da tarde, a festa seria às oito. Depois de um banho quente e demorado, vestiu aquele vestido azul que amava, uma sapatilha prateada e uma bolsa combinando. Não era lá muita coisa mas estava bom. Saiu de casa sentindo-se bonita.

Na festa, pessoas conversavam e bebiam. Verônica estava jogando conversa fora com uma colega da faculdade quando seu amigo aniversariante a chamou.

—Vê, vem cá. Quero te apresentar para um amigo meu. O Lucas fez o Ensino Médio comigo.

Verônica sorriu e foi com o amigo.

—Verônica esse é o Lucas, Lucas essa é a Verônica.

—Você?! —Lucas e Verônica disseram em uníssono.

—Ué, mas vocês já se conhecem?

—Eu comprei seu presente com ele hoje. —disse Verônica achando graça da situação.

—Lucas, é ela aquela cliente gata que você me falou?

Tanto Verônica como Lucas olharam para ele. Ela surpresa, ele, quase matando o amigo, que foi embora deixando os dois a sós.

—Então era só um presente para um amigo mesmo? Achei que fosse alguém mais especial. — disse tentando brincar com ela. Verônica riu e os dois conversaram e ficaram juntos o resto da noite. Acabaram descobrindo que tinham a mesma banda favorita e que compartilhavam do mesmo sonho de viajar o mundo.

E dali em diante, a paixão à primeira vista numa lojinha do shopping acabou virando relacionamento sério.Creio que a vida de vez em quando gosta de brincar com a gente…

Bruna Paiva

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s