Lembranças do nosso fim

Sentada na praia em um dia de mar gelado demais para mim. Preferi ficar aqui no sol mesmo. Estava lendo meu livro, mas não consegui mais me concentrar depois que um jovem casal passou por mim.

Eles brincavam pela areia. Ele implicava com ela enquanto corriam até o mar. Ele jogou água nela, que ficou braba de início, mas acabou amolecendo com um beijo apaixonado em meio às ondas. Do mesmo jeito que fazíamos até o último verão. E então as cenas que vivemos na praia da casa do seu tio vieram todas à minha cabeça. Os beijos apaixonados, as tardes no mar, as juras de amor eterno. A ilusão de que éramos para sempre…

Fiquei me perguntando se aquele casal, que devia ter a mesma idade que tínhamos quando ainda estávamos juntos, acabaria como a gente. Se teriam o nosso fim. É, eu sei que já tinha me prometido nunca mais pensar no nosso fim, nem em você, mas eles me remeteram tanto a nós dois que ficou meio difícil manter a promessa.

Só consigo esperar que ele não se canse dela. Que não decida se divertir com outras enquanto a ilude. Espero de coração que ela seja feliz e não sofra como eu sofri — ou será que ainda sofro?

Não desejo o nosso fim para ninguém. Só não sei se estou dizendo isso porque realmente não o desejo a ninguém ou se é só porque queria que até o nosso fim fosse só nosso…

Bruna Paiva

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s