Meus 10 filmes de dança preferidos

11156240_932312336790752_6733073696492074984_n

Hoje, 29 de Abril é o dia internacional da dança! Como todo mundo aqui já sabe, eu sou bailarina e a dança é uma das partes mais importantes na minha vida. Portanto quis fazer alguma coisa diferente aqui no blog nesse dia tão especial para mim e todos os amantes da dança em todo o mundo.

Decidi contar para vocês quais são os filmes sobre dança que eu mais gosto. Musicais e filmes que falam sobre essa arte são estilos que realmente mexem comigo e eu adoro assistir. A seleção foi enorme para conseguir escolher os dez que eu vou listar abaixo. Espero que gostem, divirtam-se e principalmente: DANCEM!

EU E A DANÇA ==> Que tal saber como comecei a dançar e ver um vídeo rapidinho de um espetáculo incrível em que também estou no palco ?

1 -Vem Dançar (Take the Lead) – 2005

Este é sem dúvidas o meu filme preferido sobre dança! E o tango final é a melhor coreografia…

Em “Vem Dançar”, Antônio Bandeiras é Pierre Dulaine, um renomado professor de dança de salão. Depois de presenciar um episodio de violência, protagonizado por um jovem, Dulaine decide se oferecer para dar aulas de dança numa escola pública.

Sem dar muito crédito ao professor, a diretora dá a ele a turma dos “rejeitados da escola”. O que acontece depois é o efeito que a mais pura magia da dança pode causar.

 

2- Sob a Luz da Fama (Center Stage) – 2000

“Sob a luz da fama” mostra uma realidade que eu presencio muito, já que se passa em uma escola de dança. Conta a história de um grupo de jovens sem esconder os conflitos internos, dúvidas e dificuldades de cada um deles.

A história de seis bailarinos que dão sangue e suor para conseguir o espaço que almejam na arte que tanto amam. Confesso que me arrancou algumas lágrimas e vi muitas cenas com as quais me identifiquei. E o final é mais do que surpreendente!

 

3- Dirty Dancing – Ritmo Quente – 1987

“Dirty Dancing” conta a história de Baby, uma jovem rebelde e idealista que viaja com a família e acaba se metendo numa festa do hotel. Lá, conhece Jhonny um professor de dança, e se apaixona por ele. Quando a parceira de Jhonny é impossibilitada de dançar por causa de uma gravidez, Baby se oferece para substituí-la. O problema, é que o pai dela não aceita e tenta proibir a filha de dançar.

Esse verdadeiro clássico dos anos 80 é sem dúvidas um dos meus favoritos. Patrick Swayze é maravilhoso e a história de Baby e Jhonny é apaixonante. E nem preciso dizer que “Time of my life” é a minha coreografia preferida…

 

4- Ela dança, eu danço (Step Up) – 2006

Tyler é um jovem da periferia que esta acostumado com as danças de rua. Depois de depredar uma escola de artes, o garoto é obrigado a prestar serviços no local. Lá conhece Nora, uma excelente bailarina que precisa encontrar outro parceiro para a apresentação final. Tyler é relutante, mas acaba concordando em ajudar a garota.

Esse filme é um misto de comédia romântica, drama e musical. Simplesmente emocionante e mexe com qualquer um. E claro, combate o preconceito entre estilos…

 

5 – Footlose – Ritmo Louco- 1984 e 2011

Um jovem se muda para uma cidade do interior e é surpreendido por uma lei local: lá é proibido dançar! O garoto acaba tendo problemas com o conservador reverendo da cidade, ainda mais quando se envolve com a filha do cara, Ariel também ama dançar e quebrar as regras…

Confesso que só assisti a versão mais recente deste clássico. Mas a historia é criativa e envolvente. Ainda assisto ao primeiro filme, com certeza é tão bom quanto o remake!

 

6 – Sob a luz da fama: o poder da paixão (Center Stage- turn it up) – 2009

Em “Sob a luz da fama: o poder da paixão”, uma bailarina auto-didata sonha em entrar para a American Academy of Ballet. Quando não passa na prova, não tem coragem de voltar para casa e acaba como garçonete numa boate de hip-hop. Lá, conhece o bailarino Kenny, juntos os dois se ajudam a melhorar suas técnicas e chegar aonde almejam.

O segundo “Sob a Luz da fama” não tem nada a ver com o primeiro. Mas é tão apaixonante e inspirador quanto.

 

7 – High School Musical – 2006 a 2008

Troy Bolton e Gabriella Maltez se conhecem em uma noite de Karaokê e não se encontram mais. Até que, por coincidência do destino, Gabriella é matriculada na mesma turma de Troy. Quando começam as audições para o musical da escola, ela precisa encorajar Troy, que é astro dos Wildecats e filho do treinador de basquete, a seguir o que ele ama: a música.

Acho que todos da minha geração têm essa trilogias entre seus preferidos. Não me canso de assistir. Aliás, High School Musical só se assiste cantando e dançando!

 

8 -Ela dança, Eu danço 4 (Step Up revolution) – 2012

Emily, a filha de um grande empresário e dono de hotéis tem até o fim do semestre para provar ao pai que pode ser uma bailarina profissional. Enquanto isso, uma onda de flash mobs toma conta da cidade. É a máfia: um grupo de jovens que ama dançar e quer vencer um concurso no Youtube. Mas os caminhos de Emily e Sean, líder da máfia, se cruzam dando início a uma grande paixão.

“Ela dança, eu danço 4” é sensacional. Não assisti ao 2 nem ao 3, mas o 4 não tem nada a ver com o primeiro e é totalmente inovador. O filme diverte, emociona e mostra que dança é sim uma forma de protesto e dá voz a quem não pode falar.

 

9- Ritmo do Amor (Love’n Dancing) – 2009

Nesse filme, Jessica é uma professora de inglês que está prestes a se casar conhece um professor de dança de salão. Ela quer aprender a dançar com seu noivo, mas o cara é um babaca. O professor de dança, que tem uma deficiência auditiva, acaba tendo problemas com sua parceira para as competições. Jessica e o professor acabam se envolvendo.

“Ritmo do Amor” é lindo. Minha parte preferida é quando o professor desliga o aparelho auditivo para dançar. Ele não precisa ouvir a música, apenas senti-la.

 

10 – O Poder do Ritmo (Stomp the Yard) – 2007

Depois de perder o irmão durante um tiroteio, DJ, um rebelde dançarino de Street dance resolve deixar tudo para trás e entrar para a faculdade. O que ele não esperava é que encontraria fraternidades envolvidas com dança. Depois de ter seu talento descoberto, DJ precisa escolher entre duas fraternidades rivais.

“O Poder do Ritmo” é lindo e mostra que o amor supera qualquer barreira. E claro, o poder que a dança tem de expressar tudo sem precisar que nada seja dito.

Gente, esses são os meus dez preferidos, mas, como eu disse, amo esse estilo de filme. Então, quem tiver dicas de outros filmes sobre dança pode deixar aí nos comentários que eu vou adorar assistir!

Beijos,

Bruna

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de seguir o blog nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

Acompanhe BrunaPaivaC no Snapchatwp-1465389060779.png

CLIQUE AQUI PARA VISITAR O ADOLESCENTE DEMAIS NO YOUTUBE

 

 

 

 

 

Anúncios

8 pensamentos sobre “Meus 10 filmes de dança preferidos

  1. Oi Bruna, um tempo desses estava procurando um filme relacionado a dança pra assistir, e me deparei com um chamado “Hugh Strung” não sei se você conhece,mas eu simplesmente amei

    Curtir

  2. Oi, Bruna, td bem? Lembro-me de ter assistido à parte de um filme de dança há muitos anos. Quero assisti-lo de novo, mas não lembro o nome! Lembro que era a história de uma moça que dançava e se apaixonava por um homem que dançava com ela. Eles acabavam separados, e muuitos anos se passaram. Ela então se apaixona por um cara muito mais jovem e dança com ele, e depois descobre que ele é filho do cara que ela amou. Vc sabe que filme é? Obrigada.

    Curtir

  3. Oi boa tarde.
    Tem um filme que eu lembro de toda a história mais não lembro o nome, talvez vc possa me ajudar.
    E a história de um professor de dança ele não leva tão a sério o trabalho mais precisa do dinheiro para o tratamento da mãe ou avô,
    Ele perde o emprego e para conseguir trabalho para o tratamento é abrir a própria escola ou estúdio ele se veste de senhora,
    Acaba se apaixonando por uma moça que trabalha na limpeza…… enfim muitas coisas acontecem e ele acaba pedindo desculpas e provando que a ama dançando a música do dirty dance the time of my Life.

    Curtir

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s