10 séries que marcaram a minha infância!

Hoje é dia das crianças e quem não tem saudades dessa fase? Nesse 12 de outubro resolvi relembrar com vocês as séries que mais marcaram a minha infância. Aquelas que a gente não perdia um capítulo, sabe? Tenho certeza de que quem foi criança junto comigo também assistia a alguma dessas e deve morrer de saudades. Como recordar é viver, aí estão:

  • Teletubies 

Acho que todo mundo que nasceu na década de 90 assistiu Teletubies incansavelmente quando pequeno. Eu fazia minha mãe gravar os episódios para que eu assistisse milhares de vezes seguidas. Odiava a “hora de dar tchau” e até hoje me pego cantando a musiquinha de abertura…

  • Sítio do Pica-Pau Amarelo   

Acho que essa foi uma das fases mais legais da minha infância. Quando a Emília era interpretada pela Isabelle Drummond e eu queria porque queria ser a Narizinho. Lembro de alguns episódios até hoje. Eu chegava da escola e já corria para assistir ao Sítio. Não podia perder um minuto. Acho um crime terem acabado com a série. Nunca li o livro que deu origem ao seriado, mas é um dos que eu sou louca para ter na minha estante… Volta e meia ainda assisto às reprises no canal Viva.

 

  • Carinha de Anjo 

Essa novela era meu xodó. Eu amava a Dulce Maria e assistia todo santo dia. De noite, ai de quem não me deixasse colocar a TV no SBT. Até hoje guardo com carinho a boneca inspirada na personagem, que ganhei justamente em um 12 de outubro.

 

  • O clube das Winx   

    “Winx, quando damos nossas mãos nos tornamos poderosas porque juntas somos in-vem-cí-veis” Sim, eu lembro a música, eu canto a música e eu ainda quero ser a Bloom e a Stela. O clube das Winx passava todo santo dia às três da tarde no Cartoon Network. E bom, acho que já deu para notar que eu estava sempre em frente à TV.  Aliás, a série está no Netflix e, sim, eu ainda assisto.

 

  • Alegrifes e Rabujos

Quando eu descobri que o Netflix tinha Alegrifes e Rabujos eu quase surtei. Assisti ao primeiro capítulo e chorei. Primeiro porque eu achei meio bobinho e acabei ferindo um pouco a magia daquela época. Depois por nostalgia. Eu AMAVA essa série. Passava no SBT e eu não perdia um episódio. Não tenho coragem de doar a boneca da Sofia, que eu guardo no fundo do baú… Completei o álbum de figurinhas e era apaixonada pelo Alcachofra. E a abertura era VIDA! “A-legrifes e Rabujos, A-legrifes e Rabujos…”

 

  • Kennan e Kell 

“Quem ama refrigerante de laranja?”

“O Kell ama refrigerante de laranja”

“Ama mesmo?”

“Uhum, eu amo, eu amo, eu amo, eu amo “

E quem não amava esses dois? Até hoje quando passa no Nick at Night eu paro para assistir!

 

  • Floribella  

Quem não se apaixonou por Flor e companhia? Eu simplesmente amava. Sabia todas as coreografias e até hoje sei cantar a maioria das músicas. Fiz minha mãe comprar o bamba da sorte e me achava com aquele tênis todo colorido. Lembro de uma vez que meus pais tentaram me levar ao show na Barra, mas quando chegamos os ingressos estavam esgotados. Chorei pra caramba naquele dia. Recentemente, o Netflix disponibilizou Floribella. Assim que tiver um tempinho, quero tirar um dia para assistir e matar as saudades dessa época…

 

 

  • Rebelde 

Eu queria ser Roberta Rey e era completamente apaixonada por Diego Bustamante. Rebelde foi uma das melhores séries que eu assisti quando pequena. Eu amava e sonhava em estudar no Elite Way. Voltei a assistir Rebelde no Netflix e a magia foi a mesma, a série é incrível! Um dos traumas da minha infância é nunca ter ido a um show do RBD no Brasil. Mesmo assim, tenho os DVDs e ainda canto e danço na frente da TV como quando tinha 8 anos.

 

  • Drake & Josh 

Diferente de muita gente da minha idade, eu não assistia muito à Disney quando pequena. Gostava mais da Nickelodeon. Drake e Josh foi uma das que eu mais assisti. Amava os episódios da vida dos irmãos e as travessuras da caçula Megan. Eu via junto com meu irmão e a gente se identificava com as brigas dos irmãos da TV. Até hoje quando passa eu paro para assistir.

 

  • Zoey 101 

Por último, mas não menos importante. Zoey 101. Essa série, junto com Rebelde, me fez sonhar em estudar num colégio interno. Queria ser como a Zoey. A vida no Pacific Coast Academy parecia perfeita e eu era louca para fazer parte da turma de Zoey, Dana, Chase, Michael e Nicolle.

 

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s