A Lista Negra: triste e edificante

Baixar-Livro-A-Lista-Negra-Jennifer-Brown-em-PDF-ePub-e-MobiUm livro triste e brutal. Que trata de um assunto, infelizmente, atual e muito sério. Choca, provoca lágrimas e muita reflexão. Um livro que me fez chorar no meio de um shopping lotado e me deixou com uma baita ressaca literária. Estou falando de A Lista Negra.
Após um grande massacre no Colégio Garvin, Valerie Leftman acaba sendo responsabilizada pelo ocorrido. O motivo é simples: foi ela quem criou a lista das pessoas em quem Nick Levil, seu namorado, atirou. A lista daqueles a quem odiavam, as pessoas que faziam bullying contra o casal. Val não tinha ideia do que o namorado planejava, e acaba atingida ao tentar pará-lo. Depois do banho de sangue, Nick se mata.

Quando a Lista Negra é descoberta, apesar de inocentada pela polícia, Valerie é vista como vilã por todos a sua volta. Nem mesmo sua família a trata da mesma maneira. Após meses em casa, a menina precisa voltar para a escola e terminar o Ensino Médio. O que não será nem um pouco fácil já que tudo o que aconteceu naquele 2 de maio ainda está muito vivo na cabeça de todos os sobreviventes.

Descobri esse livro num vídeo da Pam Gonçalves e, quando encontrei na livraria, decidi comprar. Confesso que não pensei que o romance de Jennifer Brown fosse mexer tanto comigo. Entretanto, já na primeira página se tem uma ideia da atmosfera da história.

O livro entremeia a experiência de Val e notícias do jornal local, Tribuna de Garvin, sobre o massacre. A fórmula deixa o leitor num dilema absurdo em relação às personagens, principalmente no que diz respeito a Nick Levil. O garoto, que é visto por todos como um assassino cruel, é lembrado com carinho e saudades por Valerie.

Ao mesmo tempo que eu entendia a dor que o casal sentia por causa do bullying, não havia como apoiar a atitude de Nick. Todo o ocorrido é extremamente triste dos dois lados. Me apeguei à Valerie e Nick de uma maneira que tornou a história ainda mais angustiante.

Já falei sobre bullying no texto Carrie: a estranha. Esse livro trata do mesmo assunto de uma forma tão trágica quanto a de Stephen King. As coisas que falavam e faziam contra Valerie, para muita gente, podem parecer bobas, mas ninguém sabe a dimensão que isso tem na cabeça de quem sofre. Me deixou mal porque já vi isso acontecendo; e que atire a primeira pedra aquele que nunca riu desse tipo de “brincadeira”.

Bullying é um assunto muito sério e a história de A Lista Negra não é nem um pouco fantasiosa. Apesar de Valerie e Nick serem fictícios, já houve diversos casos reais, um inclusive no Brasil em 2011. O romance de Jennifer Brown deveria ser leitura obrigatória nas escolas, principalmente no Ensino Médio. Todo adolescente que já praticou bullying precisava ler para tomar um choque de realidade.

O final não foi exatamente o que eu esperava, nem o que eu queria que acontecesse. Mas é um desfecho extremamente compatível com o resto do livro e não sei se algum outro se encaixaria tão bem.

A Lista Negra, lançado em 2009, foi o romance de estreia da autora americana, que desde então já escreveu diversos livros para o público jovem. Nunca havia lido nada de Jennifer Brown, mas a narrativa dela me cativou. É uma escrita leve e ao mesmo tempo carregada de detalhes e sentimento. Faz o leitor viajar e querer ser levado pelo ritmo dos acontecimentos. A história da lista que causou uma tragédia em Garvin com toda certeza entrou para a minha própria lista. A dos meus preferidos, é claro…

 

Bruna Paiva

Siga @ADemaisblog  no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog no Instagram

Anúncios

4 pensamentos sobre “A Lista Negra: triste e edificante

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s