Aceitem, o mundo está chato

Na última semana li uma notícia que me deixou chocada. No link compartilhado por alguém de meu Facebook, lia-se que o Conselho Nacional de Auto-regulamentação Publicitária (CONAR) levaria a julgamento a nova propaganda da Pepsi Twist. Já havia visto a campanha por alto, sem dar muita atenção. Naquele momento, corri para o YouTube e procurei pelo tal vídeo.

Na propaganda, que vocês podem assistir acima, os limões têm uma conversa sarcástica que aborda o tal do politicamente correto. O vídeo é finalizado com a frase “se o mundo tá chato, dê um Twist”. Depois dos 30 segundos, comemorando a volta dos limõezinhos mais engraçados da publicidade, cheguei a uma conclusão: o mundo está ficando insuportável.

Hoje em dia, qualquer coisa ofende. O eufemismo virou corriqueiro e absolutamente tudo ganhou uma conotação ofensiva em nome do politicamente correto. Repetindo e concordando com o que o Felipe Castanhari disse no Snapchat: daqui a pouco, não vamos poder sorrir para quem é banguela não se ofender.

O mundo está chato, sim. Cheio de mimimi. Cheio de gente espalhando o ódio e escavando mina para encontrar qualquer comentário que possa ser interpretado como ofensa. Parem, pensem e respondam com sinceridade. A propaganda dos limões da Pepsi realmente te ofendeu? A ponto da marca ser processada e obrigada a tirá-la do ar? Tem certeza que, de tudo disponível no mundo para te ofender, o que o fez foi uma conversa sarcástica entre dois limões?

Se todas as suas respostas foram sim, desculpe, do fundo do meu coração, não vá se ofender, mas eu te acho chato pra caramba. O que é dito na campanha é uma pura constatação da verdade. O mundo está chato, as pessoas estão ficando insuportáveis.

Ao contrário do argumento que já ouvi, dizer que o mundo está chato não desmerece a luta das minorias. O que o faz é a polêmica a qualquer custo, o “me ofendi” sem fundamento. Aproveitando o último bordão da própria Pepsi, acreditem: a vida pode ser mais leve.

Pode ser mais relaxada, sem precisar se ofender com o que não tem necessidade. Pode ser mais na brincadeira. Pode ser mais na conversa amigável, menos na agressão. Pode ter mais twist, sim. Mais direito a mudança de opinião. E, PRINCIPALMENTE, muito respeito a toda e qualquer pessoa. Ache-a bonita ou não, concorde com seu estilo de vida ou não. Se houver respeito e leveza, todo mundo vive em paz.

O mundo pode ser sim um lugar melhor, onde todos sejam livres para fazerem o que quiserem. Mas com todo esse mimimi, ele só fica cada vez mais chato…

Bruna Paiva

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de seguir o blog nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

Acompanhe BrunaPaivaC no Snapchat

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s