Pré-venda de Um Diário Para Alice chegando ao fim!

Eu tinha 14 anos quando considerei ser escritora pela primeira vez; 16 quando publiquei meu primeiro romance numa plataforma digital e tive certeza de que essa era a profissão que eu queria, mesmo com todos os obstáculos.

É com uma alegria inexplicável que eu vejo o último fim de semana de campanha de pré-venda de Um Diário Para Alice se encerrando com 87% da meta que eu estipulei para imprimir uma boa quantidade de livros. A versão física do romance que eu escrevi ainda no Ensino Médio vai, sim, virar realidade e eu não tenho como estar mais feliz.

Com trabalho e acreditando, os sonhos deixam de ser só sonhos e viram de fato planos de vida. E esse sonho não seria possível sem o apoio de todo mundo que acredita em mim. Muito obrigada mesmo a todos que apostaram e contribuíram para que o livro seja lançado.

Que campanha linda vocês fizeram junto comigo… Agora é reta final. Faltam só 3 dias, ainda dá tempo de contribuir e garantir seu exemplar autografado de Um Diário Para Alice! É SÓ CLICAR AQUI!

E, assim que a campanha acabar, o livro entra em gráfica para ser lançado em novembro! Vai ser lindo, gente. E é só o começo! ❤

 

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de me seguir nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BruPaivac no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

Anúncios

UM DIÁRIO PARA ALICE 4 anos depois…

Eu e atriz Bruna Vilella nos bastidores do video gravado no Aeroporto Santos Dumont

Hoje trago um convite. Para você conhecer os bastidores da produção do meu livro e de como ele influenciou o meu caminho profissional.

Quatro anos atrás eu escrevi uma história. Era pra ser só um conto. Dei pro meu pai ler e ele quis saber como continuava. Acabei escrevendo mais e não consegui mais parar.

A história cresceu pra frente, pra trás, os personagens foram tomando vida e aquele primeiro conto, hoje, é o capítulo 8 do meu primeiro romance: Um Diário Para Alice, o livro que estou batalhando para lançar por meio de uma campanha de financiamento coletivo.

Contando uma história com textos e videos

Gravação do Diário, no Aeroporto, em que Bianca fala sobre sua mudança com Alice.

Na época, com a história pronta, pensei em testar a reação dos leitores publicando aqui no blog. Aí veio a ideia de gravar vídeos reais das partes em que a personagem mandava mensagens de vídeos para a amiga que morreu, exatamente como acontecia na história. Por que não? Os vídeos podem atrair a atenção até de quem não tem o hábito da leitura, pensei.

Pedi ajuda pro meu primo ator, conseguimos uma atriz e fizemos a loucura de realmente gravar os diários em vídeo. Foi um mês de gravação, encaixando locações e horários de quem queria que desse certo, mas também tinha escola, pré-vestibular, trabalho, ballet, teatro, curso de inglês…

Deu muito certo e em novembro de 2014 lançamos a versão digital do livro. Vídeos, booktrailer, divulgação pesada. Primeiro no blog, depois no Wattpad. E que incrível que foi… O tanto de feedback lindo que eu recebi digitalmente, hoje já são mais de 69 mil leituras, só fez o sonho de ser escritora crescer cada vez mais. Foi deixando de ser sonho e virando planejamento.

Comecei a cursar Literatura, a buscar agências e editoras, estudar o mercado
editorial.

Por que escolhi ser independente

Foi estudando que eu percebi como é complicado ser autor no Brasil. Ainda mais do que parece. O mercado é extremamente fechado e conseguir um espaço de atenção das grandes editoras uma tarefa quase impossível se você não tem um público. Mandei o original para cinco grandes editoras. Algumas nem responderam. Outras, depois de meses, agradeceram, até elogiaram, mas declinaram por motivos diversos.

Devagar o caminho de lançar meu livro de forma independente foi se mostrando o que mais fazia sentido. Ficou claro para mim que em vez de uma editora, o que eu precisava era formar o meu público leitor. É uma tarefa árdua, sim. Dá trabalho, demanda exposição (coisa que eu nunca gostei muito)… Mas é aquela história… Quem não corre atrás do que quer dificilmente chega lá.

Decidi, então, correr atrás do meu sonho, lançar o livro de que eu me orgulho tanto por ter sido um trabalho incrível e independente desde o início. Já tenho outros trabalhos finalizados e vários em curso, mas o pontapé inicial da minha carreira como escritora não podia ser outro. Tem que ser Um Diário para Alice.

O livro físico será lançado em novembro de 2018 e já está à venda em uma campanha de pré-lançamento no site da Kickante. Para acessar a página da campanha e deixar o seu apoio, basta
clicar em http://kickante.com.br/livrobrunapaiva 

 

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de me seguir nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BruPaivac no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

UM DIÁRIO PARA ALICE

DiarioparaAlice-cabeça

Olá gente! Fiz este post para apresentar a vocês o book trailer do que será o meu primeiro romance: “Um Diário para Alice”. Uma versão resumida da história, em um formato multimídia, chegou a ser postada aqui no blog, a fim de testar sua receptividade e empatia com o público. Fiquei muito feliz com os comentários e incentivos que recebi e a experiência permitiu que a trama evoluísse e amadurecesse. Hoje essa versão multimidia ainda pode ser lida e assistida no wattpad.

A versão definitiva do romance já está em fase de finalização e espero em breve poder compartilhá-la com vocês e anunciar uma nova etapa desse lindo projeto. Por hora, disponibilizo abaixo o book trailer e aqui o link do wattpad onde é possível ler a sinopse da história.

Bjs da Bru!

 

Siga @ADemaisblog  no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog no Instagram