A fórmula mágica para a amizade

wp-1463050610462.jpg

Já tive algumas maneiras de definir a fórmula mágica para a amizade. Acreditei cegamente em algumas delas. Fui loucamente contra outras. Já tomei como melhor aquela amizade do textão no facebook. A que tem fotos exclusivas com legendas impactantes. Ou mesmo aquela em que, se os amigos não se falam por alguns dias, o clima fica estranho.

Com o tempo, a gente aprende a valorizar menos texto e mais abraço. Menos legenda e mais conversa. Menos “ah, vamos marcar” e mais “a que horas vocês chegam”.

Aprendi que não existe a tal fórmula mágica. Que as melhores amizades são aquelas que se mantêm mesmo com a distância, com a vida corrida e principalmente com o tempo.

Os melhores amigos são aqueles que te fazem rir mesmo em momentos trágicos. Que te zoam, mas te entendem, te respeitam. Aqueles que fazem esforço para marcar um encontro, ainda que não consigam comparecer. De quem você morre de saudade e quer ter sempre por perto.

Talvez a fórmula seja manter o equilíbrio. Como numa corda bamba. Caindo para qualquer um dos lados, a relação sempre será superficial. Mas se você se mantiver em cima da corda, vai ter um amigo que te enche o saco quando quer, mas respeita o seu silêncio enquanto te abraça.

Bruna Paiva

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de seguir o blog nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

Acompanhe BrunaPaivaC no Snapchat

CLIQUE AQUI PARA VISITAR O ADOLESCENTE DEMAIS NO YOUTUBE

 

Meus amigos viraram zumbis

ZombieWallpaper5YoungZombies

Você já sonhou que estava caindo e acordou assustado com a adrenalina bombando no sangue? Ou teve um pesadelo que não te deixou mais dormir? Claro que já. Todo mundo já teve um sonho estranhamente real que nos deixa inquietos pelo resto da semana. Eu vivo sonhando coisas estranhas. Normalmente quando vou dormir muuuito cansada, meu subconsciente me sabota com um sonho bizarro e cansativo.

Já sonhei com ataque terrorista, incêndio na escola e professora psicopata correndo atrás de mim com uma faca em punho… Mas na última vez em que algo estranho invadiu minha mente durante o sono, as vítimas foram três amigos meus. Tive a capacidade de sonhar que os três, juntos e uniformizados, sofriam um terrível acidente de ônibus e viravam zumbis. Sim. Eles viravam zumbis, enquanto a coordenadora do colégio ria da desgraça dos coitados.

Não faz sentido nenhum, eu sei, mas naquele dia eu acordei duas horas antes do que precisava, e só sosseguei bem mais tarde quando  vi os três na escola em bom estado e sem vestígios de qualquer acidente zumbi. Quando contei para eles, foram unânimes em duvidar da minha sanidade mental. Mas não sou maluca.

Eu procurei saber o significado desse tipo de sonho, o que a ciência diz sobre eles. E descobri que há muitas explicações para sonhos assim. Alguns, acreditam que os sonhos podem sim ser presságios ou premonições…Estão vendo meninos, posso ter previsto e salvado vocês de virarem zumbis.

Outros cientistas afirmam que “sonhos são tentativas que nossos sistemas cerebrais nos oferecem para compreensão maior sobre situações de interesse pessoal”. Aí já não entendo direito o que meu interesse pessoal tem a ver com meus amigos virando zumbis… Não me interesso nem um pouco em ter amigos mortos-vivos, juro.

Li também que quando sonhamos algo ruim com alguém, é sinal de que algo bom vai acontecer com essa pessoa. Ou seja, se um dos três ganhar na mega-sena essa semana eu quero minha participação no prêmio…

Brincadeiras à parte, existem diversas teorias para explicar o significado de nossos sonhos estranhos. E é bem difícil de escolher em qual acreditar. Prefiro acreditar que algo muito bom vai acontecer aos meus amigos. Mas acho que se eu não procurar uma explicação para as loucuras da minha mente enquanto durmo, vou começar a acreditar que realmente há algo de errado com minha sanidade mental…

Bruna Paiva