Diário de viagem: curtindo Camboriú!

balneario-camboriu-12

Olá, pessoal! Finalmente chegamos ao último dia de diário de viagem! Vou contar como foi a estadia em Balneário Camboriú!

Durante toda a viagem, nos hospedamos num apartamento no Pontal Norte de Balneário Camboriú. Era bem pertinho da praia e do centro. Foi ótimo porque podíamos sair tanto a pé quanto de carro. Não ficamos muito tempo por lá, usamos mais para dormir e tomar café, já que saímos da cidade quase todos os dias, mas deu pra conhecer um pouquinho também.

O que me deixou mais impressionada em Balneário Camboriú (além da beleza dos locais, é claro) foi a educação. Perdi a conta das vezes em que olhei em volta exclamando “como eles são civilizados!”.

wp-1453753612106.jpg

A faixa de pedestre

O que mais choca qualquer carioca, e aos paulistas também, é a falta de sinais de pedestres. Isso mesmo, sinais (semáforos, faróis, chame como quiser) só existem nos cruzamentos mais perigosos. Nos demais locais, há apenas faixas de pedestres, um pouco mais altas que o nível da avenida. E, choquem-se, é só botar o pé na faixa que TODOS os carros param.

Na primeira vez em que vi, não acreditei. Quando entendi o que acontecia, resolvi testar. Resultado? Uma retardada que toda hora mudava de calçada para sentir o gostinho do que nunca vai ver em sua cidade. Sejamos francos, se isso vira norma no Rio de Janeiro, ou em São Paulo, metade da população seria atropelada só na primeira semana.

Balneário Camboriú é a típica cidade do interior que se desenvolveu MUITO e virou cidade grande. Talvez essa seja uma das razões para os engarrafamentos gigantes e sem ter para onde fugir. Passamos horas parados e quase perdemos o circo do primeiro dia de viagem, porque o trânsito não tinha escape.

img-20160125-wa0034.jpg

Com nossos primos no bar Chaplin

Outra consequência do grande e rápido desenvolvimento da cidade são os prédios à Avenida Atlântica, orla da praia. Nas praias de Camboriú, a faixa de areia é pequena, o calçadão também. Acontece que, do outro lado da calçada, foram construídas dezenas de prédios, com dezenas de andares. Ou seja, depois do meio-dia, a praia fica completamente à sombra dos arranha-céus. Apesar de não ser muito chegada a ficar no sol, achei um crime!

Como durante o dia fomos aos parques, aproveitamos Camboriú mais tarde. Fiquei impressionada com a noite da cidade. Ok, ok, sei que meu Rio de Janeiro também tem uma noite animada. Mas por lá, todas as lojas também ficam abertas. Passamos pelo centro às 22h, durante a semana, e não havia sequer uma loja fechada, muito menos sinais de que pretendiam fechar tão cedo.

20160113_180641.jpg

A caixinha de doações de livros

No primeiro dia, depois de uma visita ao Beto Carrero, nos encontramos com primos num bar chamado Chaplin que é beeem gostosinho e fica na orla da praia central. Ah, mais um indício de que eles são mais evoluídos: no calçadão, existem caixinhas onde pode-se doar livros ou revistas para quem quiser ler na praia. Achei muito legal.

Em Camboriú, existe um ponto turístico conhecido como Cristo Luz, nada menos que uma imagem do Cristo segurando um refletor. É bonito e fica no alto de um morro. Por falta de tempo, acabamos não passando por lá. Mas o víamos de vários pontos da cidade.

A cidade é muuuito bonitinha. Amei minha estadia e voltei pra casa encantada.

É isso, pessoal, esse foi nosso último diário da minha viagem. Espero que vocês tenham gostado de acompanhar o que rolou nesses dias que eu tanto gostei.

Um beijo da Bru e até o próximo post!

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de seguir o blog nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog  no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog no Instagram

 

Diário de viagem: Chegando em Balneário Camboriú e Circo Tihany

20160110_170309

Com o meu irmão na estrada

Olá, pessoal!

Como já contei aqui, hoje foi o primeiro dia da minha viagem! Não fizemos muitas coisas, mas foi um dia muuuito divertido. Gravei vários vídeos no Snapchat. Para acompanhar é só me seguir (brunapaivac).

20160110_161941

Na loja Havan com sua Estátua da Liberdade

Saímos da minha casa às 7h da manhã direto para o aeroporto Santos Dumont. Nosso voo era às 9h30. Na hora do check in, o atendente nos convenceu a trocar o voo para uma hora mais cedo. Para isso, teríamos que ficar nas saídas de emergência. A única restrição era que meu irmão, que é criança, não poderia ficar no assento à janela. Achamos razoável e aceitamos.

Já no avião, uma aeromoça muito simpática (só que não) nos deu a notícia de que o atendente do check in não tinha treinamento e que, segundo às regras da ANAC, nem meu irmão, nem minha avó idosa poderiam ficar na tal saída de emergência. Conclusão? Tivemos todos que trocar os lugares. Isso tudo só no primeiro avião do dia!

O voo da manhã foi até São Paulo, no aeroporto de Congonhas. Essa parte foi a mais chata do dia. Que me desculpem os paulistanos, mas eu não suporto aquele aeroporto. É um formigueiro humano. Fora que sempre precisamos trocar de portão.

Depois de duas horas e meia de espera, pegamos o avião para o aeroporto de Joinville, a 115km de Balneário Camboriú. Lá alugamos um carro para seguir até Balneário. O moço da locadora falou que trouxemos a chuva para Santa Catarina. Disse que estava sol até ontem. Mas agora está chovendo direto, além do frio, é claro. Sim, para a carioca aqui, 20° é frio.

blog2

O hamburguer maravilhoso da Madero

Pegamos engarrafamento, chuva, pista esburacada e até descobrimos uma rádio que só toca música boa. Mas a melhor parte da estrada foi a parada Havan.

A Havan é uma loja em Brusque, no caminho entre o Balneário de Penha e Camboriú, cuja fachada imita a Casa Branca. O ícone da loja é uma Estátua da Liberdade fake gigaaaaante no estacionamento. Aliás, dizem que essa é a maior estátua do Brasil! Superando até mesmo o tão amado Cristo Redentor. Apesar de não ser Nova York de verdade, dá para tirar umas fotos bem legais.

blog1Nessa parada, conheci um dos melhores hambúrgueres da vida! A hamburgueria Madero me conquistou primeiro pela fachada, que parece um container. Depois que meu lanche chegou, me apaixonei completamente… Depois do almoço, voltamos para a estrada para mais um pouco de engarrafamento. Em algum momento do trânsito, eu acabei dormindo. Quando acordei estávamos entrando em Balneário Camboriú.

 

blog3

Fachada do Circo Tihany

Chegamos no apartamento alugado, que fica em Pioneiros, lá para as 18:30. Acomodamos as malas, trocamos de roupa e saímos correndo para o circo. Pois é, vimos um circo logo na entrada da cidade e decidimos incluir no nosso roteiro.

O Circo Tihany fica em Camboriú até o dia 17 de janeiro. Assistimos ao espetáculo e foi simplesmente incrível.

 

blog4

Selfie da família tirada pela minha avó no Circo Tihany

Eu AMO circo desde pequena. E o Tihany deu um show e tanto. Teve dança, acrobacias, palhaços e mágicas que me deixaram confusa até agora. Foi tudo muito lindo. A melhor maneira de encerrar o primeiro dia de viagem. Fechamos o dia dando uma passada no mercado para abastecer a geladeira para o café da manhã.

O primeiro dia já foi muito divertido e com certeza essa viagem inteira vai ser incrível!

Quem quiser acompanhar, já sabe, é só me seguir no Snapchat ou no Twitter e Instagram: brunapaivac. Até quarta posto aqui os detalhes da nossa visita ao Beto Carreiro!

 

Um beijo da Bru

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de seguir o blog nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog  no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog no Instagram

Um diário de viagem no Adolescente Demais?

resize-400x240_botao-diario-de-viagem-266836

Olá, pessoal!!

Hoje eu vim aqui para dar uma notícia muito legal para vocês. Na próxima semana, vou viajar para o Beto Carreiro, maior parque da América Latina. Além do parque, vou conhecer a cidade de Balneário Camboriú e arredores. Eu estou muuuuuito empolgada para a viagem. Sempre quis visitar o Sul do país e tenho certeza de que vai ser incrível.

Decidi, então fazer aqui no blog uma coisa que eu tenho vontade há muito tempo: um diário de viagem. Serão poucos dias, mas quero dividir com vocês o que eu achar legal, o que eu não achar tão bom assim e tudo o que acontecer nesse tempinho em terras catarinenses.

Viajo no domingo, dia 10-01, com meus pais, meu irmão e minha avó. Vai ser uma viagem em família que eu tenho certeza que vai render muuuitos momentos divertidos. Os posts do diário vão começar no próprio domingo, à noite.  Vou contar tudo para vocês, tirar fotos, fazer vídeos e toda noite (do dia 10 ao dia 14) vai ter post novo aqui contando como foi o dia e o que fizemos.

Ah, quem já conhece o parque e Balneário Camboriú, me mandem dicas das coisas que eu não posso deixar de fazer e os lugares imperdíveis para conhecer! Quero visitar os pontos mais bonitos da cidade, os restaurantes mais badalados, as lojas legais mais baratinhas… E sobre o parque, quais os melhores brinquedos, lojas de souvenier, onde comer nos dias que estiver lá… Enfim, me contem tudo!!

É isso, gente. O post hoje foi só para contar essa novidade para vocês e dizer que eu estou empolgada. Sempre quis fazer um diário de viagem, então também estou animada com a ideia.

Lembrando que quem quiser acompanhar a viagem mais de pertinho, e em tempo real, pode me seguir no Snapchat (brunapaivac). Vou fazer váááários vídeos, fotos e registrar os melhores momentos por lá também! Ah, e podem seguir minhas outras redes sociais também. Tanto no Twitter como no Instagram é @brunapaivac.

Um beijo da Bru e até o próximo post!

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de seguir o blog nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog  no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog no Instagram