Minha vida não faz Sentido: o dia em que até minha avó virou fã do Felipe Neto

wp-1465824917329.jpg

Finalmente assisti ao espetáculo Minha Vida Não Faz Sentido, do Youtuber Felipe Neto. Uma peça que mistura emoções. Que faz a plateia morrer de rir, mas também causa um silêncio constrangedor enquanto todo mundo coloca a mão na consciência. Uma apresentação incrível que só aumentou a admiração que tenho pelo cara que falava mal dos meus ídolos.

Desde que ele anunciou o projeto da peça eu fiquei super animada para assistir, até cheguei a fazer um post sobre isso. Entretanto, todas as apresentações no Rio foram em dias impossíveis para mim. Até que finalmente ele anunciou uma data que batia com a minha agenda. Corri para comprar quase na mesma hora.

Arrastei a família inteira (é sério, até minha avó, que nem conhecia os vídeos dele foi e saiu de lá fã do cara). O mais legal é que a peça foi apresentada no Imperator, no Méier, o bairro onde Felipe estudou durante a adolescência. Na plateia, uma antiga professora estava lá para prestigiá-lo e a própria mãe do Youtuber, a quem ele se dirigiu com orgulho durante vários momentos do espetáculo, se encontrava na primeira fila do teatro.

A peça foi incrível. Achei que seria uma versão encenada do seu livro Não Faz Sentido Por Trás Das Câmeras, mas me enganei completamente. Felipe conta a história do Não Faz Sentido, quadro que o projetou para o sucesso no Youtube, mas não para por aí. Relembra os fracassos de suas primeiras empresas, o sonho de ser ator e como nunca desistiu de perseguir seus objetivos. Aborda assuntos polêmicos e os problemas de nossa sociedade. Sempre se alternando no palco entre o Felipe Neto da vida real e o seu famoso (e revoltado) personagem dos óculos escuros.

Uma das passagens da peça com a qual mais me identifiquei foi quando Felipe contou que, uma vez, um professor da escola em que ele estudava no Meier olhou para ele e disse “você não vai ser nada, não vai chegar a lugar nenhum”. Digo que me identifiquei porque já vivenciei a mesma situação. Só que o meu ex-professor babaca falou isso para a turma inteira.

Depois da peça, Felipe fez questão de falar com todos aqueles que quisessem cumprimentá-lo. Tirou fotos, recebeu presentes e foi atencioso com todo mundo. Eu, claro, depois de 6 anos acompanhando seu sucesso, precisei conhecê-lo pessoalmente. Levei seu livro para ser autografado e ele riu quando eu disse que, antes de começar a assistir aos seus vídeos, eu o detestava por causa do Fiuk. Entreguei-lhe também uma revista especial da Capricho sobre Crepúsculo e meu texto “Como conheci o idiota do Felipe Neto”, postado aqui no blog em 2013. Dois dias depois, em seu Snapchat, ele riu da provocação e comentou que já havia lido o texto na internet.

Em Minha Vida Não Faz Sentido, Felipe fala sobre a importância da leitura e critica o sistema falho de educação no Brasil. Incentiva as pessoas a enfrentarem os medos que as impedem de seguir seus sonhos. E joga na cara da plateia o quão infundados são os preconceitos que estão em nossa sociedade. Um espetáculo incrível que não precisa de mais de um ator e um par de óculos escuros para fazer o público voltar para casa repensando a vida. Sem dúvidas, um programa para toda a família.

Bruna Paiva

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de seguir o blog nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

Acompanhe BrunaPaivaC no Snapchatwp-1465389060779.png

CLIQUE AQUI PARA VISITAR O ADOLESCENTE DEMAIS NO YOUTUBE

Anúncios

Choro, risos e confissões – 1 mês de Adolescente Demais no YouTube!

Sem Título-1

Clique na imagem para ver os vídeos do Adolescente Demais no YouTube

Sou tímida, não sei contar piadas, não dou gritinhos de guerra, tenho vergonha da câmera e não estou a fim de pagar mico pra divertir os outros! Essa sempre foi minha defesa para não gravar vídeos, apesar da vontade que também sempre esteve presente. Até que comecei a rever meus conceitos à medida que o projeto do livro Adolescente Demais amadurecia em minha cabeça. E assim, aos poucos, a ideia de usar meus próprios textos para falar sobre experiências e situações que todos vivemos na adolescência começou a fazer sentido para mim.

Não precisaria criar uma personagem, nem inventar roteiros mirabolantes e nem forçar a barra pra me expor em busca de audiência. Seria apenas eu, de cara limpa, abrindo meu coração. E foi assim que, há um mês, o projeto “Adolescente Demais, O Livro” nasceu no YouTube. É claro que antes de ir ao ar, muitos vídeos-teste foram gravados e eu cheguei a pensar em desistir por não gostar de me ver na tela. Mas aos poucos fui relaxando, sentindo-me mais à vontade com o que estava acontecendo e acabei gostando da coisa.

youtube1

Uma vez por semana, sento-me em meu quarto, releio um dos milhares de textos que escrevi entre meus 13 e 17 anos e aperto o play da câmera. Conto coisas que ninguém nunca soube sobre minhas inspirações e remexo na memória os momentos que me levaram aos textos. Nada é ensaiado. Deixo os sentimentos aflorarem e simplesmente vou falando. Foi assim que chorei no vídeo “Adeus à Escola”, que dancei no vídeo inspirado pelo texto “Sem olhar pra trás”, que imitei “Carrrie a Estranha” e que, meu Deus, falei da minha primeira paixão não correspondida em “Coração Quebrado”.

Gostaria de aproveitar esse feriado prolongado de Páscoa, quando normalmente as famílias se reúnem, para convidar todo mundo a assistir os vídeos e ler os textos que os inspiraram. Aproveito para agradecer aos que já estão acompanhando no canal do YouTube (onde os vídeos são postados semanalmente) e na minha página do Wattpad (onde além dos vídeos tb são postados os textos que me serviram de inspiração).

Beijos da Bru!

CLIQUE AQUI PARA VISITAR O ADOLESCENTE DEMAIS NO YOUTUBE

 

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de seguir o blog nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

Acompanhe BrunaPaivaC no Snapchat

VIDEO NOVO NO AR! Que loucuras você faria para realizar um sonho?

Olá, gente!!

Agora é pra valer! O primeiro vídeo comentando um texto meu já está no ar e preciso muito da colaboração de vocês na divulgação. Corre lá e  espalhem para os amigos!

O vídeo deste domingo (esse aí em cima)  é sobre um texto que escrevi inspirado na música Natasha, do Capital Inicial. Entre outras coisas, falo dos pontos comuns entre minha personagem e a da canção.  Conto a reação da minha família ao ler um texto em que a protagonista foge de casa e dou minha opinião sobre o assunto.

Quem quiser conferir o texto “Sem olhar para trás” na íntegra é só clicar aqui e dar um pulo na minha página do Wattpad. Ele foi escrito e publicado aqui no blog em 2014.

Abaixo deixo para vocês o vídeo de lançamento do projeto do livro Adolescente Demais. Não se esqueçam de deixar a opinião de vocês e divulgar entre os amigos.

Domingo que vem tem mais um vídeo comentando um novo texto.

Beijos da Bru!

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de seguir o blog nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

Acompanhe BrunaPaivaC no Snapchat

A primeira peça a gente nunca esquece…

WP_20140102_001
Como eu já contei aqui, ontem foi a primeira vez que subi num palco para atuar. O resultado não podia ter sido melhor.  Cada ensaio, cada esporro, discussão e cada centavo gasto com a peça valeram à pena. Foi perfeito.

Chegamos ao teatro às 7 da manhã pra montar cenário e ensaiar muuuuuito. Todo mundo tenso até o último fio de cabelo e se ajudando o tempo todo. A plateia estava lotada, todos os ingressos foram vendidos o que acabou deixando o elenco inteiro bem mais ansioso… E mesmo assim foi maravilhoso. Sei que o ano mal começou, mas tenho certeza de que dia 8 de janeiro foi um dos melhores dias de 2014.

Já estou morrendo de saudades e tentando de toda e qualquer forma não precisar sair da minha amada turma durante o ano letivo. Não sei se vai ter jeito, já que meus horários vão mudar completamente por causa do ballet, mas já está doendo demais ter que sair. Queria muito continuar com a segunda família que eu arrumei, no teatro… 😥

Separei algumas das fotos dos bastidores e da hora da peça pra mostrar pra vocês aqui os melhores momentos do dia. Pessoal, nós arrasamos! E com toda a certeza, o dia de “Os melhores anos de nossas vidas” vai ser lembrado pra sempre como um dos melhores dias da minha vida.

Raquel(eu) com seu bebê e a mãe(Adriane Braga) defendendo Ana Maria (Jhulia Oliveira) do pai bêbado(André Luiz Gomes).

WP_20140108_015

Aninha, Raquel e Ilane (Beatriz Chamas)

P1180218

Raquel e Felipe (Daniel Cipriano).

6tag_080114-225042

De manhã cedo montando o cenário…

P1180230

O baile de formatura!

WP_20140108_014

E a gente vive junto, e a gente se dá bem…

P1180242

Aninha descobre o namoro de Felipe e Adriana(Karina Amorim) no Baile.

P1180220

Raquel conta para Felipe que Ana Maria tentou suicídio.

P1180249

Aninha vai embora do baile arrasada…

WP_20140108_006

Ensaiandoo

Fim de peça, elenco reunido e muuito feliz!