5 livros para ler se você é feminista

Com 18 anos me descobri feminista. Na realidade, eu já era, sempre fui, só não sabia bem do que se tratava. Aos 18 percebi que aqueles ideais que eu sempre defendi eram fundamentos da ideologia feminista. Que assim fosse, se é preciso dar nome aos bois.

A representação feminina sempre esteve muito presente nos livros que marcaram minha adolescência. Hermione Granger, Katniss Everdeen, America Singer, Alasca Young e, vá lá, até mesmo Crepúsculo, apesar da protagonista meio sem sal, tinha personagens como Alice, Rosalie e Leah. Depois que percebi a importância de personagens desse tipo, passei a procurar, mais conscientemente, livros que me colocassem em contato com elas.

Por isso, no post de hoje, trouxe uma pequena lista de 5 títulos que você deveria procurar se você também é feminista. Os 5 foram escritos por mulheres e cada um traz um recorte de representação da mulher no texto. Dois são de não-ficção, um de contos e dois romances, todos textos deliciosos de se ler. Espero que gostem e vou adorar saber as recomendações de vocês.

 

  • Um teto todo seu – Virgínia Woolf

Acho que já falei desse livro por aqui. Nesse ensaio ficcional, Virgínia Woolf fala sobre o lugar da mulher na literatura (nos anos 20) e as dificuldades que uma mulher enfrentava ao decidir-se por essa carreira. Para Virgínia, uma mulher que quer ser escritora precisa apenas de dinheiro, tempo e um teto todo seu.

 

  • A via crucis do corpo – Clarice Lispector

Eu tive esse livro na estante por muito tempo sem nunca mexer. Quando resolvi ler, foi uma grata surpresa. Clarice, com sua escrita irônica e deliciosa, nos apresenta um livro com 13 contos. São 13 narrativas sobre mulheres, corpo, sexo, libertação e libido. São textos incríveis que colocam a mulher como protagonista de assuntos corpóreos. Terminei de ler mais uma vez encantada com o trabalho dessa autora sensacional.

 

  • O país das mulheres – Gioconda Belli

Outro caso de um livro que viveu por muito tempo encostado na estante até ter a chance de me surpreender. Essa história é uma distopia. A autora nicaraguense nos leva para um país em que as mulheres tomaram o poder. O Partido da Esquerda Erótica não permite que nenhum homem ocupe cargos públicos. É uma retratação histórica, justifica a presidente. Essa história controversa me tirou da zona de conforto justamente porque nos bota para pensar sobre extremismos. Muitas passagens do livro são incríveis, muitas me incomodaram, mas a história, que começa com um atentado à presidente, é maravilhosa e rende muita discussão.

 

 

  • Girlboss – Sophia Amoruso

Uma mulher que começou a revender roupas usadas pelo e-bay e, pouco tempo depois, se tornou uma das maiores CEOs de moda de seu país. A história de Sophia Amoruso é sensacional. Numa espécie de mistura entre autobiografia e manual de autoajuda, a CEO da Nasty Gal conta como se tornou tão poderosa e incentiva as Girlbosses em potencial a seguirem seus sonhos e batalharem para chegarem onde querem. Se você assistiu à série, esqueça, ela não faz jus ao livro incrível que Sophia escreveu.

 

  • Orgulho e preconceito – Jane Austen

Jane Austen escreveu Orgulho e Preconceito no século XIX, mas sua personagem Elizabeth Bennet não se rendia às regras sociais da época. Elizabeth era dona de si e fazia o que queria, o que sonhava, sem se curvar às vontades alheias. A história, que inspira a novela Orgulho e Paixão, é atemporal e apaixonante.

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de me seguir nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

Anúncios

3 canais de moda com menos de 200 mil inscritos pra você acompanhar!

Apesar de não ser um assunto que eu abordo aqui no blog, uma das minhas maiores paixões é a moda. Eu amo me arrumar, acompanhar as tendências e passo horas estudando sobre o assunto porque realmente acho muito interessante. Não falo de moda aqui porque, apesar de ser apaixonada, não é minha área. Por isso, trouxe no post de hoje, três canais no Youtube de blogueiras que falam de moda de um jeito incrível e têm menos de 200.000 seguidores. Elas dão dicas maravilhosas, desmistificam tabus e simplificam as coisas.

 

  • Vitória Portes

A Vitória é lá do Sul. Ela tem 68 mil inscritos e o canal dela é majoritariamente sobre moda. Ela dá dicas, faz tutoriais, fala sobre tendências, tabus e  tem vídeo novo três vezes por semana!

 

  • Mari Flor

O canal Closet da Mari é 100% sobre moda. Ela ensina como usar cada peça, dando ideias de looks e tem até uma série sobre estilos pra você descobrir qual é o seu!

 

  • Camila Gaio

A baiana Camila Gaio também fala MUITO sobre moda em seu canal. É uma dica melhor que a outra sobre tendências e as melhores formas de usar cada peça.

 

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de me seguir nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

Como anda sua educação financeira?

Assim que 2018 começou, eu tomei uma importante decisão pra minha vida. Resolvi que esse ano começaria a cuidar melhor da minha vida financeira. Nunca fui de gastar horrores, nem nada do tipo, mas confesso que nunca tive muito controle sobre meus gastos. Às vezes o dinheiro acabava e eu não tinha noção do quanto havia gastado e com o que.

No início de Janeiro comecei a assistir ao canal Me Poupe, da Nathália Arcuri e acreditem: mudou minha vida. Quando a gente aprende a entender e organizar melhor nosso dinheiro, as coisas ficam realmente mais claras e fáceis. Em dois meses, comecei a poupar e gastar mais consciente do que estava fazendo.

Inclusive me lancei um desafio: até o fim de 2018, não vou comprar roupas ou livros que não sejam extremamente necessários e, não, liquidações e promoções relâmpago não entram nessa extrema necessidade. Parece besteira, mas roupas e livros são a maior fonte do meu consumismo. Quero aprender a usar melhor o que já tenho no armário e de fato ler todos os livros que comprei e estão lindos na estante. Com essa promessa que os deuses do autocontrole vão me ajudar a cumprir, eu diminuí bastante aqueles gastos sem planejamento que acabam com o dinheiro de qualquer um.

A gente peca muito em não ter uma educação financeira desde cedo. Se todo mundo soubesse medir gastos,  se organizar melhor e não tivesse vergonha de falar sobre dinheiro, as pessoas não se endividariam tanto. Mas o que é preciso pra começar a cuidar melhor do meu dinheiro e não gastar sem medida? Aqui vão algumas dicas de coisas que eu faço e que podem te ajudar também!

  • Organização é TUDO!

Isso mesmo, se você não sentar para realmente encarar seus ganhos, gastos e despesas, tudo vai continuar uma nuvem confusa sobre a qual você não tem o menor controle. Pegue um caderno e, da forma que for mais claro para você, esquematize quanto dinheiro você ganha, quanto você vai poupar (sim, isso é muito importante), quanto precisa para as contas e quanto sobra. Se não sobra, você precisa e MUITO da próxima dica!

  • Nathália Arcuri, deusa da minha vida!

Assim que terminar esse texto, pare tudo que você estiver fazendo e corra para o Canal Me Poupe. Grande parte do que eu venho aplicando na minha vida eu aprendi com a Nathália. Ela desmistifica tudo em relação a dinheiro e não tem como terminar aqueles vídeos sem virar a louca da educação financeira. Sério, corre para a Nath que sua vida financeira já começa descomplicar!

 

  • Aprenda a gastar menos quando você pode!

Não é vergonha nenhuma comprar as coisas com desconto. Aliás, se você está pagando mais barato por algo que normalmente seria bem caro, você devia era ficar feliz e sair saltitando por aí. A gente tem essa cultura de que é feio pedir desconto, mas isso só faz com que a gente perca dinheiro. Mas tudo bem, hoje em dia existem maneiras para a gente conseguir descontos ótimos sem nem sair de casa.

O site Cupom Válido é um desses meios. Lá tem cupons de descontos para as mais diversas lojas do Brasil. Tem moda, maquiagem, livros, eletrônicos, restaurantes e muito mais.

E é muito simples conseguir pagar menos pelas suas compras. É só correr lá no https://www.cupomvalido.com.br/, procurar a loja que você precisa e conferir os descontos disponíveis para aquele dia ou semana. Tem cada promoção maravilhosa e você pode dar adeus aos gastos exorbitantes! Vai comprar as coisas que precisa, pagando preços bem melhores.

 

Começando por essas coisas pequenas, depois que você entra no mágico mundo da educação financeira, não quer sair nunca mais. E então? Está esperando o que para começar?

 

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de me seguir nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

5 livros que marcaram meu 2017

Última semaninha de 2017 e último post com diquinhas do ano! Eu podia fazer uma lista falando dos livros que li em 2017 e o que achei de cada um. Mas preferi selecionar os que mais me marcaram de alguma maneira durante o ano. Trouxe cinco livros que foram extremamente importantes e me deixaram encantada. Vale a pena dar uma chance para cada um deles no próximo ano!

 

  • O aprendizado da morte – Assis Brasil.

Esse livro foi uma surpresa maravilhosa. Precisava ler para um trabalho da faculdade e acabei me apaixonando. Um livro que, apesar do nome, nos ensina a viver trazendo a história de Olga, uma mulher que se descobre prestes a morrer. Mais detalhes sobre o livro e o quanto ele mexeu comigo você pode ler na resenha que eu postei aqui no blog!

 

  • Um teto todo seu – Virgínia Woolf

Todo mundo que escreve deveria ler esse livro, mas, se você é mulher e é, ou tem vontade de ser, escritora, é leitura obrigatória. Na década de 1920, Virgínia Woolf construiu esse apaixonante ensaio ficcional para falar sobre a realidade da mulher na literatura. O que é literatura feminina? Qual o espaço das mulheres no mercado editorial? E, o mais importante: o que uma mulher precisa para se tornar escritora? Para Virgínia, tempo, dinheiro e um teto todo seu.

 

  • Extraordinário – R.J. Palacio

Há anos eu adio a leitura desse livro. Com a pressão do filme que logo estrearia eu me rendi. E que decisão incrível! Um dos livros mais emocionantes que li esse ano. A história de Auggie não é a história de um menino deformado tentando conviver socialmente, é uma narrativa sobre amizade, gentileza, relações, comportamento humano… Um livro sobre a vida. Chorei do início ao fim. E, no cinema, mesmo conhecendo a história, também não consegui evitar as lágrimas.

 

  • O Sol é para Todos – Harper Lee

Um livro extremamente tocante que realmente me emocionou mais do que eu imaginei. “O Sol é para Todos” é um clássico que já estava na minha lista há tempos. Finalmente eu consegui ler e me apaixonei. É incrível como a narrativa da pequena Scout cativa e sensibiliza quem está lendo. A forma como a autora aborda os absurdos do racismo no Alabama dos anos 30 pelo ponto de vista das crianças é emocionante. Um livro bonito, doloroso, que bota qualquer um para pensar…

 

  • A poética de Ana Cristina Cesar

Ana Cristina Cesar foi meu maior achado do ano. Descobri a poeta por causa da faculdade e termino o ano completamente apaixonada (e tendo seus escritos como meu objeto de estudo na Iniciação Científica). A forma como Ana brinca com as palavras num constante jogo entre real e ficção, íntimo e inventado, é brilhante. A poesia de Ana Cristina hipnotiza, quando a gente entra, não consegue mais parar. A Companhia das Letras tem uma edição com a poética completa de Ana Cristina Cesar. É a que eu tenho. Mas se é para indicar um livro só, comecem por “A teus pés” e se encantem também com a nossa poeta marginal.

 

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de me seguir nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

CLIQUE AQUI PARA VISITAR O ADOLESCENTE DEMAIS NO YOUTUBE

3 filmes nacionais para recuperar a fé no amor

Quem não gosta de uma boa comédia romântica? Daquelas que a gente termina de assistir acreditando que o amor existe de verdade e, em algum momento vai acontecer com a gente também… Se você está precisando renovar essa fé no sentimento, hoje eu trouxe uma dica de três ótimos filmes nacionais que com certeza vão te fazer suspirar.

 

  • Amor.com

Essa comédia tem como protagonista a atriz Isis Valverde e o ator Gil Coelho. Katrina é uma blogueira de moda extremamente bombada no Youtube, enquanto Fernando é técnico em informática e tem um canal de videogame que não faz tanto sucesso. Os dois se conhecem numa situação um tanto constrangedora e acabam se apaixonando. O problema começa quando o romance deles ganha uma dimensão absurda na internet. Um filme que fala sobre relacionamentos atuais e a exposição das celebridades na internet. Até que ponto é saudável viver da própria imagem? A história é divertida, mas provoca reflexão; e não tem como não torcer pelo casal.  O longa ainda traz nomes como Joaquim Lopes, João Côrtes, Alexandra Ritcher e César Cardadeiro.

 

  • Entre Idas e Vindas

Quatro amigas, um trailer e uma despedida de solteira. Era para ser uma viagem incrível. Mas a noiva descobre que foi traída. No meio do caminho, as viajantes encontram um pai e um filho precisando de carona na estrada. E o que era simplesmente uma ajuda acaba transformando a viagem numa aventura carregada de drama, paixão e transformações pessoais.  O filme, que traz nomes como Ingrid Guimarães, Fábio Assunção e Alice Braga, é leve, apesar de não ser uma comédia. Um drama bonitinho, que diverte e faz a gente repensar o amor.

 

  • Um namorado para minha mulher

O título do filme pode não parecer muito romântico. Mas é justamente da falda do romantismo que o casal Chico e Nena percebe que o amor é maior. Quando o casamento chega a uma fase em que Chico não aguenta mais a esposa, ele tem a brilhante ideia de contratar um amante profissional para seduzir a esposa (e ter um motivo plausível para pedir o divórcio). A sequência de coisas que acontece em consequência disso é engraçada e bonita demais para não te convencer de que o amor é real. O filme é protagonizado por Ingrid Guimarães, Caco Ciocler e Domingos Montagner.

 

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de me seguir nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

Acompanhe BrunaPaivaC no Snapchatwp-1465389060779.png

CLIQUE AQUI PARA VISITAR O ADOLESCENTE DEMAIS NO YOUTUBE

 

Girl Power: 10 filmes sobre mulheres incríveis!

Oi, gente. No post de hoje, eu trouxe 10 filmes que eu adoro e trazem histórias de mulheres incríveis. São filmes ótimos para aqueles dias em que a gente precisa de um bom exemplo de empoderamento feminino. Girl Power minha gente!

  • Bad Moms (Perfeita é a mãe)

Esse filme é muito divertido, e, pra quem é mãe, deve ser libertador. Amy é uma mulher que parece ter uma vida perfeita, casamento, filhos, trabalho, tudo sobre controle. Mas um dia ela simplesmente se vê cansada daquela rotina toda e, na companhia de mais duas amigas,   resolve ser uma “bad mom”, porque, afinal, ninguém consegue ser perfeita o tempo inteiro.

 

  • Operações Especiais

Essa produção nacional é simplesmente incrível. A protagonista, vivida pela maravilhosa Cléo Pires, é uma jovem formada em hotelaria que, depois de presenciar um crime, resolve entrar para a polícia. Dentro da equipe, ela é a única mulher e acaba sendo subestimada pelos colegas. Mas, apesar de todo o preconceito, ela se mostra uma profissional muito competente e acaba se tornando essencial nas operações.

 

  • O sorriso de Monalisa

Aquele tipo de filme transformador, sabe? Uma professora de História da Arte recém-formada é contratada para lecionar numa das melhores escolas só para meninas do país. Katherine Watson é uma mulher extremamente livre e se vê numa saia justa quando percebe que a maioria das meninas na escola olham para o casamento como sua única possibilidade de futuro. O trabalho que ela faz com as alunas, mostrando que elas podem ser qualquer coisa que quiserem, é maravilhoso.

 

  • Legalmente Loira

Esse é um clássico, né? Quem nunca assistiu e se envolveu com a história de Elle Woods? A loirinha vai pra faculdade atrás do namorado (que é um idiota e largou a menina) e, apesar dos preconceitos vindos de absolutamente todos os lados, acaba se destacando entre os colegas. Não tem como não torcer pela menina.

 

  • Nise- o coração da loucura

Mais um nacional incrível. Nise é protagonizado pela Glória Pires e conta a história real da psiquiatra Nise da Silveira. O trabalho que a médica faz com os internos mais “problemáticos” passa das barreiras dos preconceitos. A história é muito inspiradora. E, meu Deus, QUE MULHER. Um exemplo de força e determinação.

 

  • Joy

A história da moça que tem uma vida pessoal extremamente complicada, mas ideias brilhantes é incrível. A protagonista, vivida pela musa Jennifer Lawrence,  batalhou muito para conseguir ser uma mulher poderosíssima graças às suas invenções.

 

  • O Diabo veste Prada

Outro clássico maravilhoso! Só de pensar nele eu já começo a cantar Suddenly I See. Andy é uma moça cheia de sonhos para sua carreira jornalística. Mas nas mãos de sua chefe, Miranda Priestly a menina sofre e muito. A vida dela vira completamente de cabeça para baixo e ela acaba colocando a própria confiança à prova. Mas é claro que ela consegue dar a volta por cima e surpreender inclusive a chefe doida.

 

  • Jogos Vorazes

Quer mulher mais empoderada que Katniss Everdeen? A menina se voluntaria para tomar o lugar da irmã num reality show mortal e ainda revoluciona o país inteiro.  Fora que enfrenta todo mundo que sempre a subestimou, né? E mostra que ela pode conseguir o que quiser fazendo as coisas do jeito dela.

 

  • Orgulho e Preconceito

O filme baseado no romance de Jane Austen (que inclusive é o livro que eu estou lendo no momento) é uma graça. Elizabeth Benett é a segunda de uma família de cinco irmãs, mas diferente delas, a menina não quer que sua vida se resuma a um casamento. Ela recusa um casamento sem amor com um primo que só a quer por interesse e, cada vez mais, seus encontros com o enigmático Mr. Darcy aumentam. Apesar de ser uma história de amor, A força e a personalidade forte de Elizabeth são INCRÍVEIS.

 

  • Histórias Cruzadas

Esse filme é MARAVILHOSO. E tem um monte de mulheres incríveis. Uma jornalista resolve escrever um livro sobre as mulheres negras da cidade que largam suas vidas pessoais para trabalhar nas casas da elite e cuidar dos filhos dos ricos. É uma história divertida e emocionante.

 

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de me seguir nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

Acompanhe BrunaPaivaC no Snapchatwp-1465389060779.png

CLIQUE AQUI PARA VISITAR O ADOLESCENTE DEMAIS NO YOUTUBE

7 filmes inspiradores na Netflix

Oi, gente! No post de hoje eu trouxe 7 filmes com histórias inspiradoras. São filmes incríveis e não tem como não se emocionar. E, o melhor, estão todos disponíveis na Netflix!

 

  • Forrest Gump

Nesse clássico dos anos 90, Tom Hanks interpreta um homem de raciocínio lento que, mesmo com todas as suas dificuldades e inocência para entender o mundo, nunca se deixou abater por aqueles que o diminuíam. Forrest termina a escola, faz faculdade, vira atleta olímpico, luta na Guerra e até vira empresário. É impossível não se emocionar com o jeito infantil de Forrest.

 

  • 8 Miles

Jimmy é um rapper branco que sofre certo preconceito na periferia de Detroit. O garoto tem o sonho de se tornar rapper profissional, mas em seu caminho a mãe alcóolatra, a irmã pequena, o preconceito e as guerras de gangs são sempre obstáculos. Apesar disso tudo, o rapper não se deixa abater e vai competir no concurso de rimas do bairro vizinho para tentar o título. Quem faz o papel principal é o Eminem e o filme é incrível!

 

  • Escritores da liberdade

Uma professora de inglês se vê num impasse quando  precisa lidar com uma  turma cheia de preconceitos e guerras internas. Ela então decide forçar os alunos a escreverem diários expressando as coisas que sentiam e viviam, inspirados pelo diário de Anne Frank.

 

  • Onde mora o coração

Uma adolescente é abandonada grávida pelo namorado no estacionamento de um Wal-Mart numa cidade que não conhece. Ela consegue viver escondida dentro do supermercado até o fim da gestação, mas, depois de descoberta, é incrível a forma com que ela consegue levantar sua vida e criar a filha. O filme é muito bonitinho e  a força dessa mulher é admirável.

 

  • A vida é bela

Um pai é levado com seu filho pequeno a um campo de concentração e faz a criança acreditar numa fantasia enorme para que o menino não sofra com a realidade da Guerra. Que filme maravilhoso! Vencedor do Oscar de filme estrangeiro em 1997, A vida é bela é um dos filmes mais emocionantes sobre o Holocausto. E, ainda assim, consegue ser leve.

 

  • Na natureza selvagem

Um garoto recém-formado decide largar tudo, inclusive a família, para se dedicar a aventura que sempre foi seu sonho: ir sozinho até o Alasca e viver sem dinheiro ou tecnologia. A história real de Christopher McCandless é triste, porém emocionante e inspiradora.

 

  • Lion

Eu sou completamente apaixonada por esse filme, e acho que já até indiquei aqui no blog. Lion conta a história real de um menino indiano que se perdeu da família aos  5 anos e acabou adotado por um casal australiano. 25 anos depois, ele resolve procurar a família biológica usando as poucas lembranças que tem daquela época e o Google Maps. É uma história maravilhosa.

 

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

Acompanhe BrunaPaivaC no Snapchatwp-1465389060779.png

CLIQUE AQUI PARA VISITAR O ADOLESCENTE DEMAIS NO YOUTUBE

Uma playlist bem GIRL POWER para você se sentir maravilhosa

 

Imagem: Pixabay

Outro dia eu, em plena TPM, estava me sentindo meio mal e resolvi apelar para um dos melhores remédios do universo: música. Mas eu não queria ouvir qualquer coisa, precisava de algo que me jogasse pra cima sem diminuir ninguém. A maior parte das listas que eu achei tinham músicas ótimas, mas muitas, apesar de serem cantadas por mulheres sensacionais, falavam sobre homens; e não era aquilo que eu queria no momento.

Como não encontrei bem o que estava procurando, resolvi montar eu mesma uma playlist que me agradasse. Acabei fazendo uma lista de músicas empoderadoras cantadas por mulheres; de preferência falando sobre como nós somos incríveis, e não sobre homens que nós não queremos mais.

Eu amei o resultado e tenho escutado tanto essa playlist que resolvi compartilhar com vocês. A Playlist é pública no Spotify, e eu também criei uma lista de reprodução no Youtube para vocês terem as duas opções. Espero que gostem e se sintam incríveis escutando!

Clique aqui para entrar na Playlist pelo Spotify!

Youtube:

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de me seguir nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

Acompanhe BrunaPaivaC no Snapchatwp-1465389060779.png

CLIQUE AQUI PARA VISITAR O ADOLESCENTE DEMAIS NO YOUTUBE

7 Blogs e Canais incríveis para quem sonha em fazer intercâmbio

Você tem o sonho de passar uma temporada em outro país estudando ou trabalhando? Eu também tenho muita vontade de fazer um intercâmbio. Mas nem sempre a gente tem o tipo de informação que precisa para conseguir realmente tirar essa ideia da cabeça e concretizar o sonho. E, acreditem, informação é a chave para você encontrar exatamente o que procura e ainda gastar pouco. Você sabia que é possível conseguir o intercâmbio dos seus sonhos praticamente de graça? Basta correr atrás e fazer sua pesquisa nos lugares certos.

Porém, são poucos os espaços na internet que trazem tanta informação. Por isso, resolvi compartilhar com vocês os blogs e canais no Youtube que eu acompanho sobre o assunto e que são fundamentais se você, como eu, também sonha em fazer um intercâmbio!

 

O Partiu Intercâmbio é um site incrível e muito completo. Se você tem alguma dúvida sobre modalidades de intercâmbio, como conseguir bolsas, como funciona tudo isso, para onde ir de acordo com os seus interesses… Acredite, você precisa conhecer o PI. O que eu acho mais sensacional no site é que eles têm um mecanismo que te permite encontrar bolsas de estudos que estão sendo oferecidas no momento com todas as informações importantes.

 

O Gerson Saldanha ganhou um concurso para estudar em Seatle e, quando voltou pro Brasil, resolveu começar a divulgar intercâmbios gratuitos para os jovens. O canal é incrível e traz muitas dicas boas, além de explicar de um jeito muito dinâmico e divertido o que você precisa para cada tipo de intercâmbio. Ele coloca experiências dele nos vídeos também, o que deixa tudo muito mais pessoal.

 

  • Estudar Fora

O Estudar Fora é uma iniciativa da Fundação Estudar. O site deles é no mesmo estilo do Partiu Intercâmbio, bastante completo com todas as informações que você nem imagina que precisa. Mas o canal no Youtube deles é bem mais ativo que o do PI e eu confesso que gosto mais também. Todo mês eles fazem um compilado das bolsas de estudo que estão prestes a encerrar e sempre trazem novidades e dicas diferentes para públicos muito diversos.


Já sabe o que quer?

Uma vez que você já decidiu o que quer fazer e para onde quer ir, é interessante também procurar outros canais que, apesar de não serem especializados em intercâmbios como esses que eu citei, têm muita informação que pode lhe ser útil.

Estou falando dos diários de intercambistas por aí. Muita gente resolve registrar a experiência e dividir dicas sobre a modalidade de intercâmbio e o lugar para onde foram. Esses relatos podem ser fundamentais para você saber o que fazer em certas situações. Separei alguns diários de intercâmbio que eu acompanhei só para vocês terem uma ideia.

 

  • O intercâmbio na Disney do Igor Saringer

O Igor foi trabalhar na Disney pelo programa ICP, em que universitários de todo o mundo podem se candidatar para passar uma temporada trabalhando e morando na Disney. O mais legal desse intercâmbio é que, por ser remunerado, ele praticamente se paga.

  • O intercâmbio na Alemanha do Ícaro Molinari

O Ícaro foi fazer um intercâmbio de um ano na Alemanha e, em seus vídeos, ele explica bastante como é a vida por lá e mostra vários costumes alemães bem diferentes dos nossos. Além de dar algumas dicas sobre como conseguir o mesmo tipo de programa que ele.

 

  • O intercâmbio no Canadá da Gabbie Fadel

Esse é o mais antigo da lista. A Gabbie foi pro Canadá em 2012, mas foi um diário muito importante para mim já que foi o primeiro que eu acompanhei e o que me despertou essa vontade de estudar fora também. Ela foi fazer um curso de idiomas no Canadá e ficou numa Hostfamily. É bem bacana acompanhar a experiência da Gabbie durante os meses que ela passou por lá.

 

  • O intercâmbio na Broadway da Gabriella Adami

A Gabriela Adami é uma amiga que se formou na escola de dança alguns anos antes de mim. Ela está voltando (agora em setembro) de um intercâmbio nos estúdios de dança da Broadway, em Nova York. Ela registrou tudo num diário super legal e deu várias dicas para quem quer fazer o mesmo tipo de intercâmbio que ela ou outros!

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de me seguir nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

Acompanhe BrunaPaivaC no Snapchatwp-1465389060779.png

CLIQUE AQUI PARA VISITAR O ADOLESCENTE DEMAIS NO YOUTUBE

4 clássicos incríveis e rápidos de ler

Muita gente tem preconceito contra os clássicos da literatura. Seja por repetir o velho discurso de que “ler é um saco”, ou por não ter paciência para livros que demandam maior esforço para a leitura. O post de hoje é para desconstruir isso na cabeça de vocês. Ler é incrível, qualquer tipo de leitura, basta que você tenha a mente aberta, disposição e bagagem literária. Pegar um Moby Dick sem nunca ter lido um livro inteiro, realmente, pode não ser uma experiência muito grata.

O legal é começar por um mais tranquilo que te conquiste e faça você perceber que clássicos são incríveis (ou não seriam considerados clássicos, né). Hoje eu trouxe uma lista com 4 clássicos literários que são ótimos e bem rapidinhos de ler, além de terem uma linguagem superacessível.

  • A Revolução dos Bichos – George Orwell

A obra de George Orwell é uma metáfora fundamental para falar de política. Numa narrativa com muita sátira, o autor inglês conta a história de uma granja em que os animais, liderados pelos porcos, se revoltam contra os seres humanos, banindo-os do lugar. A granja passa a ser domínio dos bichos, mas as coisas começam a ficar estranhas quando o sistema de cooperação e direitos iguais para todos os animais começa a falhar. O livro é muito curtinho, mas não tem como ler sem refletir sobre os líderes políticos em ação pelo mundo. E, no momento que vivemos no Brasil, devia ser leitura obrigatória.

 

  • Dom Casmurro – Machado de Assis

Um dos mais famosos clássicos da literatura nacional, Dom Casmurro é uma delícia de ler. Traz a história de um amor adolescente. Bentinho e Capitu são amigos desde a infância e o sentimento deles aumenta com o passar do tempo. Os dois vivem uma linda paixão. Tudo vai muito bem até Bentinho começar a desconfiar da lealdade da esposa. O livro é, ainda hoje, extremamente atual se quisermos falar de ciúmes e relacionamentos sem diálogo. E, convenhamos, no fundo, o Bentinho é completamente louco.

 

  • Frankenstein – Mary Shelley

O maior clássico do horror na literatura é um livro simplesmente delicioso. A base da história todo mundo já conhece: um cientista cria um monstro gigante a partir de matéria morta. Mas Frankenstein vai muito além disso. Com uma escrita sensacional, Mary Shelley discute questões éticas e leva o leitor a uma incrível imersão na história. No fundo, a gente reflete se a criatura tem alguma culpa por ter se tornado um monstro. Victor Frankenstein, o cientista, é na realidade um grande irresponsável e o maior vilão da história. Vale lembrar que Mary tinha 19 anos quando escreveu essa obra prima!

 

 

  • A morte e a morte de Quincas Berro D’água – Jorge Amado

Esse é um livro leve.  Com muito humor, Jorge Amado conta a história da morte de um homem que largou o emprego e a família para viver vadiando pelas ruas da Bahia. Quando ele morre, constrói-se um grande impasse entre a família do morto e os amigos que ele fez na nova vida. Numa sequência de cômicos acontecimentos, cada núcleo da vida de Quincas defende a sua versão do que aconteceu com o morto. Jorge Amado constrói essa novela de forma a envolver o leitor. O resultado é muito divertido e dá para ler em poucas horas.

 

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de me seguir nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

Acompanhe BrunaPaivaC no Snapchatwp-1465389060779.png

CLIQUE AQUI PARA VISITAR O ADOLESCENTE DEMAIS NO YOUTUBE