Possibilidade

Uma página em branco

Uma possibilidade

O dia que se repete sem nunca repetir

O poema é escape

Bolha musical no cotidiano vazio

Fuga da dimensão temporal, interrompida pela luz verde ou o rastro de conversa alheia.

Rastro que constrói

Palavras escritas na água

Caneta aprisionada na página em branco

Uma possibilidade

No ônibus local de criação

Do que se vê

Do que se ouve

 

 

Bruna Paiva

Gostou do post? Então, comente, compartilhe e não se esqueça de me seguir nas redes sociais!

Siga @ADemaisblog e @BrunaPaivaC no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Siga @ademaisblog e @BrunaPaivaC no Instagram

Anúncios