Novas Capas de “Quem é você Alasca?”

As capas novas: da esquerda para a direita, "Brochura", "Capa Leitor" e "Quadrinhos"

As capas novas: da esquerda para a direita, “Brochura”, “Capa Leitor” e “Quadrinhos”

Um dos meus livros preferidos é “Quem é você Alasca?” do John Green. Essa foi a primeira obra publicada pelo autor. E, em 2010, foi lançada no Brasil pela Editora Martins Fontes. Porém, em maio de 2014 a editora Intrínseca, que tem os direitos de todos os outros livros de Green, conseguiu o direito de “Quem é Você, Alasca?”

A edição nova, pela Intrínseca, será lançada em Setembro. E como forma de despedida, a Martins Fontes, antiga editora, lançou, neste mês de Agosto, capas e edições diferentes de “Quem é você Alasca?”. E eu amei as capas novas! Fiquei com vontade de comprar todos!

A que eu mais gostei foi a edição “Capa Leitor”, que foi escolhida em uma votação pelos próprios leitores. Além dessa, tem edição “Quadrinhos”, edição “Brochura” e uma versão em capa dura da antiga edição que era ilustrada por uma flor branca num fundo preto.

E você, de qual versão gostou mais? Já leu “Quem é Você, Alasca?”? Confira a resenha que fiz no blog clicando aqui.

Beijos

Bruna Paiva

 

Siga @ADemaisblog  no Twitter

Curta a fanpage do Adolescente Demais no Facebook

Anúncios

John Green: o autor que me conquistou de vez!

a-culpa-e-das-estrelas-john-green-216x320

A culpa é das estrelas
Autor: John Green
Editora: Intríseca

O livro de maior sucesso no ano que passou foi “A culpa é das estrelas”. A história de amor, entre dois adolescentes em meio à luta deles contra o câncer, consegue nos envolver com seus personagens e emocionar nos momentos certos…

Narrado pela protagonista Hazel Grace, o livro traz uma mistura de trágico e romântico já que tanto ela como Augustus Waters sofrem com a doença. De março de 2013 até hoje está entre os mais vendidos em qualquer livraria do Brasil e do mundo. O alvoroço pelo livro foi tanto que em junho deste ano será lançado um filme sobre a história de Hazel e Gus.

Quando um livro vira moda do jeito que foi com “A culpa é das estrelas” os outros títulos do mesmo autor começam a ser procurados. Eu faço muito isso… Quando comprei o livro, apostei nas críticas positivas sobre o autor norte-americano e resolvi levar mais de um. Li “a culpa é das estrelas” primeiro, e gostei bastante da história.

Mais recentemente, li o outro livro. Aquele que escolhi sem nem saber direito o que os críticos diziam. E para minha maior surpresa, gostei ainda mais de “Quem é você Alasca?”, primeiro livro publicado por John.

Layout 1

Quem é você Alasca?
Autor: John Green
Editora: WMF Martins Fontes

A história do adolescente Miles Halter mescla amor, amizade e questionamentos sobre a morte. Qual o sentido de nossa vida e o que acontece depois que se morre?  Miles vai em busca de uma mudança em sua vidinha, matriculando-se no colégio Culver Creek. E lá vive alguns dos melhores momentos de sua vida ao lado de novos amigos, entre eles a jovem Alasca Young, que é indecifrável em cada um dos momentos de sua existência. E mesmo com tanto mistério por trás da garota drogada do internato, ela te conquista de uma forma que te faz viver e sofrer junto.

“Quem é você Alasca?” me deixou dois dias refletindo sobre os “talvezes” da vida e a tal “saída do labirinto”. Foi um livro que mexeu com o meu íntimo e com o qual eu me identifiquei. Talvez a filosofia por trás da história tenha me feito parar para pensar. Terminei 2013 com a certeza de que foi meu livro preferido, como disse em minha retrospectiva

WP_20140101_017

John Green, que também tem, junto com o irmão, o projeto Vlogbrothers no Youtube, me conquistou com seu jeito especial de prender minha atenção a seus livros. Eu gosto de narrativas em primeira pessoa e as de John são maravilhosas. Amei os dois livros que já li e espero ansiosamente poder ler mais livros do meu querido John! haha

Bruna Paiva

RETROSPECTIVA 2013- O MELHOR E O PIOR DO MEU ANO!

2013 tá acabando e por isso eu decidi fazer uma retrospectiva com tudo de melhor e pior que aconteceu no meu ano… Fazer esse tipo de lista é bem legal pra relembrar aquilo que foi bom e tentar jogar no lixo tudo de ruim que aconteceu. Então com vocês um pouco do meu 2013!

O MELHOR DIA:

Moraesfoto.com.br1101

Com toda a certeza o melhor dia do meu ano foi dia 26 de Janeiro. Minha tão sonhada e esperada festa de quinze anos! Como muitas adolescentes pelo mundo, um dos meus maiores sonhos sempre foi uma festa de debutante. Um sonho meu e da minha mãe que com muito esforço se realizou em 2013 e foi perfeita. Do jeito que eu sempre sonhei!

fabio

O PIOR DIA:

O pior dia do meu ano foi dia 25 de setembro. Uma tragédia horrível aconteceu na minha família deixando todo mundo chocado e muito abalado. Uma perda que destruiu a todos e que até agora não conseguimos digerir direito. A perda do meu primo, e de uma maneira tão estúpida, foi a pior coisa que poderia ter acontecido no ano de 2013…

O MELHOR SHOW:SAM_0323

Dia 12 de março eu fui ao último show dos Jonas Brothers no Brasil. Na época eu não sabia que seria o último já que era a turnê de volta dos meus ídolos. E o show foi incrível! Foi maravilhoso ver meus amores tão de pertinho. Meses depois foi anunciado o fim definitivo da banda, o que me deixou deprimida e chorando quase duas semanas. Percebi que o que tinha assistido era o último show que assistiria dos meus ídolos juntos…

miley_cryus_grinding_robin_thicke_mtv_vmas_2013_performance_191le0f-191le0mARTISTA MAIS MICADO:

Miley Cyrus com certeza enlouqueceu de vez. A antiga queridinha da Disney, em 2013, foi a cantora mais polêmica dos EUA. E eu que achava que ninguém ia superar a Lindsay Lohan… Miley assumiu que fuma maconha, tirou a blusa em show, lambeu martelo, dançou com urso, cantou pelada em cima de uma bola demolidora enquanto destruía paredes, terminou o noivado com o gato do Lian Hemsworth e diminuiu à quase nulo o comprimento de suas roupas. Acho que alguém esqueceu de dar o remedinho dessa garota…

DOIS FILMES PARA NÃO ESQUECER:Filme do ano

Não, eu não consegui escolher um filme só pra botar na retrospectiva. E essa parte vai ficar meio grande… Eu sou cinéfila assumida, então vivo no cinema. Mas os filmes que elegi os melhores do ano eram esperados por mim há muito tempo.

O primeiro foi “Faroeste Caboclo”. Meus pais são fãs de Legião, portanto cresci ao som de suas músicas. E Faroeste Caboclo sempre foi minha canção favorita, e eu desde pequena sonhava com seu filme. Quando foi lançado, assisti logo nas primeiras semanas e amei a adaptação!

O segundo é “Em Chamas”. Sou fã de Jogos Vorazes, li todos os livros em 2012 e o que mais gostei foi o segundo da trilogia. Portanto, seu filme foi aguardado com contagem de cada minuto para o dia 15 de novembro. E o resultado não podia ter sido melhor. O filme foi bastante fiel ao livro e bem do jeitinho que eu tinha imaginado. Adorei!

128720980-chorao-editorialPERDA DO ANO:

Como eu disse no pior dia, a perda do meu primo foi algo destruidor para mim e toda a minha família, mas além dele, outra pessoa muito querida por mim na música se foi. Chorão era um de meus maiores ídolos desde os 8 anos de idade e a notícia  da morte dele me deixou bastante triste. Cheguei até a escrever um post sobre “mais um poeta que se foi” antes do blog ser hackeado, mas como os outros dessa época, o texto não está mais aqui… Mas a saudade do Chorão, assim como suas canções inesquecíveis, são eternas.

PEÇA DO ANO:Tudopor1Popstar

A melhor peça do meu ano foi sem dúvida nenhuma “Tudo por um popstar”. Assisti três vezes e não fiquei satisfeita. Por mim, estaria na platéia em todas as apresentações… O elenco maravilhoso conseguiu transformar o livro de uma das escritoras que mais admiro, Thalita Rebouças, num musical contagiante e que cativa o público, contando com muitos talentos do teatro brasileiro. E ainda me rendeu mais um ídolo para a coleção: Meu lindo, perfeito e maravilhoso Christian Villegas… ❤

LogoMAIOR SACANAGEM DO ANO:

A maior sacanagem que fizeram comigo esse ano foi ter hackeado meu blog como eu disse lá em cima. Uma das coisas que mais me deixaram chateada em 2013. Perdi muitos dos meus textos e tive que ter o trabalhão de refazer o blog já que eu, é claro, não desisti!

MELHOR LIVRO DO ANO:Layout 1

Não podia terminar a retrospectiva sem falar de uma das minhas maiores paixões que é a leitura. O melhor livro que eu li esse ano foi “Quem é você Alasca?” do John Green. Sinceramente, acho que foi o livro que mais mexeu comigo e me fez refletir. Vale a pena ler e garanto que você vai amar e, como eu, tenta ir em busca de seu “Grande Talvez para tentar descobrir a saída deste labirinto…”

Bom gente, isso foi só um pouquinho do meu ano para vocês. Espero que tenham gostado e desejo a todos um feliz 2014!

Bruna Paiva